Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 02out

    FOLHA.COM

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em comício nesta segunda-feira (1°) em Guarulhos (Grande São Paulo) que “humilhou” o Fundo Monetário Internacional ao pagar a dívida brasileira e emprestar dinheiro para a instituição.

    “Eu tenho consciência de como nós mudamos a historia deste país. O que mais me orgulha é que dois anos depois que eu cheguei à Presidência nós não devíamos nada ao FMI. E para humilhá-los nós emprestamos US$ 14 bilhões para eles”, afirmou no evento ao lado do prefeito de Guarulhos e candidato à reeleição, Sebastião Almeida (PT).

    Em discurso de cerca de quinze minutos, Lula pediu aos militantes que consigam o voto dos eleitores que “estão votando contra apenas por preconceito”.

    O ex-presidente disse que Guarulhos “era uma cidade quase que esquecida pela elite brasileira e pela elite de São Paulo” e, mesmo sem citá-lo, criticou seu antecessor na Presidência, o tucano Fernando Henrique Cardoso.

    “Não é anormal a gente dizer que pobre só passou a ser levado em consideração depois que nós ganhamos as eleições. Esse é um dado concreto.”

    Citou como exemplo duas bandeiras da área social do governo federal — o Prouni e o Bolsa Família.

    “Eles não acostumaram cuidar dos pobres neste país. Quando nós criamos o Bolsa Família, eles diziam: ‘é esmola’. Para quem gastava R$ 80 tomando uísque é esmola. Mas uma mãe com R$ 80 sabe levar comida para sustentar o filho.”

    Ao comentar uma faixa esticada por militantes pedindo a abertura de um curso de medicina na universidade federal na cidade, disse aos manifestantes para “não ter vergonha de levantar suas faixas.”

    “O que faz um prefeito pegar dinheiro do governo federal não é a amizade entre o prefeito e a presidenta. É a qualidade do projeto. E se tiver projeto não falta dinheiro. Por isso não tenha medo de pedir a faculdade de medicina. Peça meu filho, peça outra se tiver que pedir. Porque neste país se tem uma coisa que ficou estabelecida é que é proibido proibir as pessoas de reivindicar coisas do governo.”

    O ex-presidente ironizou ainda o PSDB. “Tucano tem um bico grande e é predador porque come ovinho de passarinho. Mesmo sabendo, eu os tratei com dignidade [na Presidência]”.

    Lula lembrou também a época em que “tomava uma cachacinha” durante os discursos, mas disse estar se acostumando com a recomendação médica de tomar água em meio às falas. “Agora eu estou descobrindo que a água é melhor, é mais saudável, eu estou ficando bem com a água”, brincou.

    Publicado por jagostinho @ 11:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • Mazalotti Disse:

    Ex-presidente Luis Inácio LULA da Silva, um brasileiro que merece RESPEITO e carinho de nosso povo pelo que fez à Nação, retirando 40 milhões de brasileros da miséria absoluta. E ainda é pouco, ele reconhece. Mas,a Presidenta DILMA, sua sucessora, sem dúvida continuará seguindo seus passos; que depois dos primeiros… serão mais faceis.
    Hoje o país, é respeitado internacionalmente. Na ONU, deixa claro que é através do DIÁLOGO, que se resolvem eventuais conflitos entre as nações e NÃO pelas armas, como querem alguns países, que se dizem hegemônicos.
    Tem a admiração da imemsa maioria dos seus conterâneos…Há sempre uma minoria que o critica, mas por razões ideológica (dor de cotovelo ), que não o aceita, porque seu filósofo FHC, não conseguiu esse reconhecimento.

  • cezar Disse:

    Concordo com vc, Mazalotti.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.