Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 29set

    FERNANDO RODRIGUES – COLUNISTA DA FOLHA

    Não são as melhores as informações da campanha de Fernando Haddad a prefeito de São Paulo pelo PT. O petista corre o risco de ser o primeiro do partido a não ir ao segundo turno na cidade.

    Já o marqueteiro João Santana, responsável pela propaganda de Haddad, tem uma visão mais edulcorada para o candidato: “Haddad está no segundo turno. Resta saber com quem. Alguns analistas deveriam parar de construir teses apressadas”.

    Santana já perdeu uma vez na cidade de São Paulo, em 2008, com Marta Suplicy. Mas ganhou as eleições presidenciais de 2006 e 2010, com Lula e Dilma Rousseff.

    Nas avaliações petistas, Celso Russomanno iniciou uma “queda constante e consistente”. No Datafolha, só agora ficou detectado esse solavanco para o candidato do PRB.

    O otimismo de Santana se dá porque Haddad começou a incorporar votos entre simpatizantes do PT. Segundo o Datafolha, ele já encaçapou cerca de metade desses votos.

    Pela lupa de Santana, a reta final da disputa paulistana tende a ser semelhante ao cenário descrito na Folha ontem por Mauro Paulino e Alessandro Janoni, diretores do Datafolha: podem ficar embolados Russomanno, Haddad e José Serra (PSDB).

    No caso do petista, a ideia é tirar proveito da fama de “partido de chegada” que o PT incorpora em algumas disputas, inflamando a militância de rua. Mas se é assim, por que Haddad continua tão mal se comparado a outros petistas que disputaram esse cargo?

    Para Santana, o petista era mais desconhecido que os demais. Também é raro haver um candidato de extração e acumulação populista como Russomanno.

    Fala Santana: “Erra quem disser que há fadiga de material com Lula e mensalão. Não há fenômeno de despetização. Quem apostar nisso errará feio”.

    O melhor, diz, é “aguardar o resultado final destas eleições e, em especial, a presidencial e as estaduais de 2014”.

    Aguardar e noticiar.



    Publicado por jagostinho @ 13:10



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Mazalotti Disse:

    Em São Paulo o eleitorado é conservador. Russonanno saiu na frente como se esperava. É apoiado pelos eleitores evangélicos…embora em queda, deve ir para o segundo turno. Serra é paulista, mas desgastado pela derrota para LULA, em 2005. Quem não lembra da sua campanha (anti-LULA),criando factóides. Vai disputar com FERNANDO HADDAD, a segunda vaga para concorrer com Russomanno. HADDAD é jovem,inteligente, dinâmico e competente. É candidato de LULA, se for para o segundo, dependerá muito seu prestígio e de LULA que fez sua sucessora, DILMA. Então, vamos ver na próxima semana…as repercuções do julgamento do “mensalão”, que diga-se de passagem foi criado pelo FHC, para se reeleger-se.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.