Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 05set

    Altair Francener/[email protected]

     

    Programa melhora a saúde dos funcionários e promove aumento na produtividade

    Graças a um projeto inovador de saúde e qualidade de vida, os trabalhadores da BS Colway Pneus têm experimentado um novo sentido para a expressão “suar a camisa”.

    Normalmente associada ao trabalho pesado, ela se transformou em sinônimo de atividade física e foi incorporada à rotina dos empregados da mesma forma que os exercícios. A preocupação com o bem estar dos funcionários começou há cerca de 10 anos, com o intuito de evitar que eles desenvolvessem algum tipo de LER (lesão por esforço repetitivo).

    O argumento era de que promovendo a boa forma e melhorando a força e a flexibilidade, a integridade física seria protegida. Mas havia o desafio de conquistar a adesão e a disciplina dos trabalhadores.

    A solução foi implantar um sistema inédito de gratificação, premiando em dinheiro aqueles que cuidassem bem de sua saúde e da saúde de seus familiares.

    Os resultados foram surpreendentes. Os gastos com planos de assistência médica foram reduzido e o índice de faltas ao trabalho, que na maioria das grandes empresas ultrapassa os 20%, foi reduzido para menos de 5%.

    A BS Colway, localizada em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, é uma grande importadora de pneus e possui 170 funcionários, todos engajados no programa de saúde e qualidade de vida oferecido pela empresa.

    Eles contam com uma academia de excelente qualidade e trabalham apenas 36 horas por semana — mas recebem salário equivalente a 44 horas — um tempo para se exercitar e dar maior atenção a família.

    O sistema de gratificação é dividido em três níveis: bom, acima da média e excelente. Dependendo da performance e dedicação, o empregado pode receber um prêmio extra de até R$ 600,00 no fim do mês, independente da função que exerce ou do salário.

    Periodicamente a saúde dos colaboradores é avaliada através de exames laboratoriais e apresentação de atestado de aptidão para as atividades físicas.

    O projeto é coordenado pelo fisioterapeuta Ricardo Lucas Walace e conta com o trabalho e o acompanhamento de um profissional de educação física, responsável pela elaboração do programa de exercícios e pelas aulas.

    “A intenção é oferecer um trabalho físico completo para fortalecer a musculatura, reduzir massa gorda e melhorar o condicionamento aeróbico”, explica Alan Szczepanski, professor de educação física.

    De acordo com o empresário Francisco Simeão, presidente da BS Colway Pneus, o gasto com a manutenção do projeto compensa, pois o aumento da produtividade cobre praticamente todas essas despesas. Além disso, ele argumenta que existem outros ganhos difíceis de mensurar.

    “Há casos de funcionários que passaram a usar o dinheiro extra para contratar alguém para ajudar nas tarefas domésticas. Ou seja, o projeto chegou a gerar novos postos de trabalho e deixou mais tempo livre para que eles pudessem aproveitar com a família”.

    Exemplos do sucesso do programa não faltam na BS Colway. Ireno Ferreira, que trabalha com serviços gerais e participa da atividade desde o início, diz que a gratificação ajudou a melhorar seu padrão de vida e também sua alto estima.

    “É muito bom poder dar uma vida melhor para sua família”. Já para Eliel Siqueira Cavalcanti, que compartilha a mesma função do colega, o programa foi o diferencial que o fez optar por permanecer na empresa. “Poucas lugares oferecem benefícios assim aos seus funcionários”, destaca.

    Embora o prêmio em dinheiro seja um grande incentivo e ajude a reforçar o orçamento, os ganhos vão muito além do financeiro.

    Há quatro meses na BS, a auxiliar administrativa Daniele Gomes conta que não tinha o hábito de se exercitar e que já sente a diferença. “Já consegui emagrecer e me sinto muito mais disposta e feliz”.

    Luciane Freire, que já atua há oito anos como assistente de venda, também diz que ganhou resistência e que se sente muito mais saudável.

     

    Publicado por jagostinho @ 18:56



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.