Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26jul

    A Justiça Federal em Curitiba eliminou, no mês de julho, mais de 7 toneladas de papel resultantes de 27.813 autos judiciais findos das classes Agravo de Instrumento e Execuções/Cumprimento de Sentenças referente ao assunto Empréstimo Compulsório sobre Combustíveis, cujo prazo de temporalidade (de guarda) já foi cumprido.

    Os autos foram triturados por empresa especializada em reciclagem e o valor resultante será revertido para a Cooperativa de Catadores e Catadoras de Material Reciclável de Curitiba e Região Metropolitana – [email protected]

    A eliminação liberou 331,46 metros lineares de estantes no Arquivo Judicial da Capital.

    Os processos eliminados fizeram parte do Edital I e II – 2012 de Eliminação de Autos Judiciais Findos e ficaram à disposição de interessados por 45 dias antes da efetiva destruição.

    As Subseções Judiciárias de Cascavel, Guarapuava, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Umuarama também participaram do edital de eliminação de autos judiciais findos com prazo de guarda cumprido.

    Todas as Subseções participantes eliminaram juntas, 53.477 processos das classes Agravo de Instrumento, Embargos à Execução de Sentença e Execuções/Cumprimento de Sentenças referente ao assunto Empréstimo Compulsório sobre Combustíveis .

    Em todo o Estado foram liberados 740,60 metros lineares de estantes nos arquivos.

    A publicação dos editais e a eliminação dos autos findos atende às determinações constantes da Resolução 23/2008, do Conselho da Justiça Federal, e da Recomendação nº 37/2011, do Conselho Nacional de Justiça, a fim de tornar mais eficiente a gestão do acervo arquivístico das unidades judiciárias e liberar espaço nos arquivos judiciais.

     

     



    Publicado por jagostinho @ 16:54



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.