Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 19jun

    [email protected]

    A Comissão Executiva do PMDB Curitiba aceitou, nesta segunda-feira, 18, três propostas para a pauta de votação durante a convenção municipal do partido, marcada para o próximo dia 23 (sábado).

    Na reunião, a Executiva confirmou a participação de duas chapas partidárias defensoras da candidatura própria nas eleições municipais de 7 de outubro.

    Também foi acatada a proposta que permite a coligação da legenda com o PSB, partido do atual prefeito da capital.  

    Partido democrático

    Segundo vice-presidente da Executiva Municipal, Rafael Greca, que presidiu a reunião, as propostas serão apresentadas na convenção municipal, quando os convencionais definirão qual a posição oficial do partido, perante a eleição municipal.

    “O PMDB é um partido democrático, aberto ao diálogo e a discussão livre. Todas as propostas aprovadas serão debatidas e apresentadas na convenção municipal”, ressaltou Greca.  

    Apoio confirmado

    A primeira chapa aceita, como previsto, foi a do ex-prefeito Rafael Greca, para concorrer como candidato a prefeito de Curitiba.

    A chapa é apoiada pelas principais lideranças do PMDB no Paraná e no Brasil, como o presidente nacional da legenda, senador Valdir Raupp, o presidente estadual do partido, deputado Waldyr Pugliesi, e o presidente municipal do PMDB e senador da República, Roberto Requião.

    Requião não participou da reunião em razão de compromissos em Brasília, mas votou por procuração, favorável a candidatura de Rafael Greca.

    Requião deve participar da próxima reunião do partido, que acontece nesta quinta-feira, 21, que definirá os 68 candidatos a vereador pelo PMDB, em Curitiba.

    Disputa

    A outra chapa aprovada para a convenção municipal foi do deputado estadual Stephanes Junior, que lançou o próprio nome pelo PMDB, à Prefeitura de Curitiba.

    O grupo, sob a coordenação do secretário-geral do PMDB de Curitiba, Doático Santos, recebeu ainda o aval para tentar, durante o processo eleitoral da convenção municipal, a possibilidade da coligação do PMDB com o partido do prefeito, na eleição de 7 de outubro.

    Publicado por jagostinho @ 10:47



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.