Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • Valmor Stédile Disse:

    Não acredito no envolvimento de todas essas pessoas que estão levando à prisão preventiva e desconfio da imparcialidade de determinados procedimentos. A TV Globo não noticiou, por exemplo, que na quinta-feira passada quando esteve na Câmara Municipal liberando sua base de apoio (composta de 7 dos 19 vereadores) para a instauração da Comissão Processante, o prefeito Barbosa Neto propôs auditorias gerais nas contas do Executivo e do Legislativo, nos últimos oito anos. Este é o fato que deviam focalizar, se pretendem mesmo prender corruptos e corrutores.

  • Valmor Stédile Disse:

    Para elucidar melhor a questão incluo palavras do próprio Barbosa Neto, ditas a mim em e-mail resposta ontem: “Não há um centavo de beneficio da empresa Centronic na emissora de rádio Brasil Sul. Tanto é que a Justiça Trabalhista já nos isenta de tudo isto, sem contar que a própria investigação feita pela CEI (Comissão Especial de Inquérito) não pediu a abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito, quem pediu foi o ex-secretario exonerado por mim da Secretaria de Defesa Social por Gestão temerária, pra não dizer outra coisa, que se transformou em desafeto político!”

  • Valmor Stédile Disse:

    E complemento com algo que me parece isento, copiado da coluna “Opinião do Leitor” na Folha de Londrina (03/05/2012), o texto do executivo de vendas Silvio Luiz Lozam: De dezembro de 2010 a dezembro de 2011, a Prefeitura de Londrina conseguiu ganho financeiro de R$ 78 milhões entre receita e despesa, graças ao trabalho da consultoria INDG. Então pergunto: um prefeito que permite que uma consultoria séria como o INDG se estabeleça na sua administração e implante um Programa de Modernização de Gestão Pública (PMGP) tem um perfil corrupto? Muito pelo contrário! Nunca se fez tanto em tão pouoc tempo! E por fazer tanto, a administração está sujeita a erros e acertos. Então, há um legado de atos e editais para serem “auditados”, não pela visão do benefício para a cidade, mas para “achar brechas” e fomentar vinganças e “denuncismos”. Vejo a cidade bem administrada em todas as áreas, tudo graças à economia gerada pelo PMGP. Não consigo ver o “vilão” que querem mostrar, eu vejo os seus resultados. Mas, ao que tudo indica, está sendo derrotado pelo corporativismo enraizado na cidade e que não permite que Londrina cresça e se modernize.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.