Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 28abr

    ASSESSORIA DE IMPRENSA/JORNALISTA THEA TAVARES

                                                                                                             

    Por 167 contra 128 votos, o PT de Curitiba aprovou, por volta das 13h deste sábado (28), a aliança com o PDT de Gustavo Fruet já no primeiro turno das eleições municipais.

    A maioria dos quase 300 delegados que compareceram ao 18º Encontro Municipal do PT de Curitiba, que definiu a tática eleitoral e política de alianças para as eleições deste ano, votou em favor da tese da aliança, em detrimento da candidatura própria.

    O fato é inédito na história da legenda, mas defendido como estratégia para tirar do poder o grupo conservador que governa Curitiba há três décadas.

    O encontro prossegue após um recesso para almoço com a votação das moções do plenário e o desafio do partido será unificar as forças que disputaram o encontro em torno do resultado da votação deste fim de semana.

    Opiniões:

    Deputado estadual Tadeu Veneri – “O sentido de unidade é que determinará se seremos companheiros nas próximas caminhadas, não temos mais chapa um e chapa dois. Saímos com alma grande para enfrentar os próximos desafios e é com essa alma grande que vamos derrotar o PSDB”.

    Ministra Gleisi Hoffmann – “Terminamos um processo de debate, de disputa e de diálogo que reuniu os militantes do partido0. É essa militância que faz do PT um partido diferente. Vence mais uma vez a democracia interna. O PT vai dar sustentação ao processo eleitoral”.

    Ministro Paulo Bernardo – “Gustavo Fruet é uma pessoa que tem disposição para compor uma aliança, não só agora, mas também em 2014. O mais importante é definirmos o que vamos fazer em Curitiba. O grupo que está aí hoje não resolve os problemas estruturais. Os grandes problemas de mobilidade a Dilma que está resolvendo. Quem faz políticas sociais aqui é o governo federal através do Bolsa Família e do PAC”.

    Deputado Federal Dr. Rosinha – “A partir de agora não tem chapa um e chapa dois, tem união e unidade do partido para vencer as eleições de Curitiba”.

    Secretário Geral do PT Nacional, Elói Pietá – “Curitiba fez um debate de altíssimo nível com argumentos convincentes dos dois lados, mas em toda disputa precisa se estabelecer a vontade da maioria, que julgou mais adequado fazer a aliança no primeiro turno. A existência, no entanto, de um lado forte que queria a candidatura própria faz com que o programa de governo seja muito debatido para se chegar a uma visão comum sobre os rumos da cidade de Curitiba e os compromissos nos planos estadual e nacional para 2014”.

    Presidenta do PT Curitiba, Roseli Isidoro – “O PT sai fortalecido desse processo. O próximo passo é restabelecer o diálogo interno e construir a unidade porque ela vai fazer a diferença na campanha da militância do PT em favor da candidatura majoritária. Também tenho convicção de que essa unidade do partido em conjunto com o PDT vai levar á ampliação da nossa bancada na Câmara Municipal, a exemplo da eleição para o governo do estado em 2010, quando caminhamos junto com o PDT”.



    Publicado por jagostinho @ 15:38



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Rene Disse:

    Rosinha e Veneri ou foram comprados ou mudaram suas opiniões de uma hora para outra.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.