Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24abr

                                                                                                  

    ESTADÃO.COM.BR

    1) 13 de maio de 2011, Carlinhos Cachoeira liga para o senador Demóstenes Torres às 18h18:42.

    Cachoeira: Ô doutor.

    Demóstenes: Fala professor.

    Cachoeira: Aquele currículo que eu te falei lá de Uberaba, da minha prima pô. O Manuel não te entregou, não?

    Demóstenes: Não, deixa eu ligar prá ele aqui… tá dentro do carro. Esse rapaz ele é difícil, ele é muito burro, sabe? Eu vou olhar aqui.

    Cachoeira: Não esquece de levar isso. É importantíssimo prá mim. Que tá tendo vaga lá, senão… você consegue por ela lá com Aécio… em Uberaba, pô, a mãe dela morreu. É irmã da minha mãe.

    Demóstenes: Não, tranquilo. Deixa eu só ligar pro rapaz lá. Deixa eu ligar prá ele e te ligo aí.

    2) 16 de maio de 201, Demóstenes fala com Cachoeira às 20h51:31

    Demóstenes: Tá tudo certo, tá lá, amanhã cedo eu pego. Amanhã antes de eu falar com ele eu te ligo e você me explica direito, falou?

    Cachoeira: Tá excelente, brigado doutor.

    3) 17 de maio de 2011, às 7h19:45.

    Demóstenes: Fala professor, só tô vendo currículo aqui. Tá assim, cargo, qualificação profissional, diretoria CEDECI, o que é CEDECI?

    Cachoeira: Ele sabe lá. É Estadual lá, um cargo.

    Demóstenes: Precisa decifrar, eu vou encontrar com o Aécio lá pelas 10 horas, só o que é CEDECI, prá perguntar direito, pra pedir direito.

    Cachoeira: Tá, eu vou decifrar aqui e te falo aí.

    Três minutos depois, às 7h21, Cachoeira liga para Demóstenes e o informa que a repartição chama-se Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.

    4) 18 de maio de 2011, às 11h52:05, Demóstenes liga para o bicheiro.

    Demóstenes: Fala professor. A mulher trabalha no Estado?, ela é funcionária do Estado? O Aécio quer saber.

    Cachoeira: Não, ela trabalha na Prefeitura Municipal de Uberaba.

    5) 20 de maio de 2011, às 20h48:28, numa ligação de 39 segundos, Demóstenes diz ao contraventor que Aécio conseguiu o emprego para a prima.

    Demóstenes: Seguinte, o Aécio arrumou o trem lá, e vão dar pro deputado um outro cargo. Agora, ele perdeu o currículo da mulher, então na hora que eu chegar aí você me dá o nome inteiro dela e o telefone prá eles ligarem, falou?

    Cachoeira: Então tá. Qual cargo que é, você sabe?

    Demóstenes: O que você pediu, ué.

    6) 21 de maio de 2011, às 12h05, Cachoeira liga para Mônica Beatriz, sua prima.

    Cachoeira: Eles vão te ligar aí, tá? O governador deu o OK aí no seu emprego aí de chefia.

    Mônica: Hum.

    Cachoeira: O Aécio acabou de ligar pro senador aqui, viu.

    Mônica: Então tá.

    Cachoeira: Já pegou seu telefone, mas fica com o telefone ligado que eles vão te ligar. Alguém do governo vai te ligar.

    Mônica: Tá ok, pode deixar, tá bom.

    Cachoeira: Então tá, tchau, me ajuda por lá.

    7) 26 de maio de 2011, às 22 horas, Cachoeira e Mônica conversam durante 3 minutos e 47 segundos.

    Cachoeira: A pessoa te ligou?

    Mônica: Ligou, ligou no sábado de manhã.

    Cachoeira: Quem foi?

    Mônica: O Danilo de Castro.

    Cachoeira: Ele é forte ali.

    Mônica: Secretário de Governo, isso, daí me fez umas perguntas. Daí na segunda eu já me reuni com o Marcos Montes, né? Ele falou: ‘Mônica, a sua nomeação deve sair na próxima semana’. Ele ficou de…ele iria prá Brasília e retornava amanhã e assim que ele chegasse ele me ligaria prá gente sentar e conversar.

    Cachoeira: Sim, mas qual cargo?

    Mônica: Diretor regional do Sedese.

    Cachoeira: Uai, bom demais. Melhor ainda do que você queria.

    Mônica: Nossa, eu fiquei feliz demais, inclusive tenho que agradecer muito, Carlinhos.

    Cachoeira: A pessoa que vai sair do cargo é que não vai gostar, né?

    Mônica: Eu falei isso com o Danilo, Falei: ‘Danilo, eu não queria que prejudicasse a pessoa, ainda mais se for pai de família’. Ele falou: ‘Você não se preocupe com isso porque nós já arrumamos um cargo, me parece que ele vai ficar até lá mesmo’.

    Cachoeira: É o Aécio, viu: Direto com Demóstenes, viu?

    Mônica: Isso, ele falou que era uma solicitação do Aécio, ele enfatizou isso bem. ‘É uma solicitação do senador Aécio, através do senador Demóstenes, e com o aval do governo Anastasi, bem claro, né? Mas eu te agradeço muito, muito mesmo.

    Cachoeira: O salário lá é bom, né?

    Mônica: Eu não sei o que que é, eu tentei pesquisar, mas não sai. Esses cargos comissionados não sai o salário.

    Cachoeira: Aqui (em Goiás) no mïnimo um cargo desses aí é uns 10 mil reais.

    Mônica: Aqui eu não sei, eu tentei pesquisar.

    Cachoeira: É um c argo de superintendente aqui, dessa forma, diretor, aí deve ser uns 10 mil.

    Mônica: Então, é uma superintendência que eu tô assumindo, é a Superintendência de Desenvolvimento Social.

    Cachoeira: A que você estava era qual?

    Mônica: Eu estava na diretoria de qualificação profissional.

    Cachoeira: Municipal?

    Mônica: É municipal, até briguei, falei ‘se for menos eu tô perdida’.

    Cachoeira: Quanto você ganhava lá?

    Mônica: 5.

    Cachoeira: deve ser uns 10, você vai ver, você me liga o dia que você assumir, tá?



    Publicado por jagostinho @ 13:07



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.