Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 11abr

    AGÊNCIA ESTADO

    A Companhia de Urbanização de Curitiba (Urbs) e a Prefeitura de Curitiba colocaram em operação nesta terça-feira um sistema de controle de tráfego, com o objetivo de dar mais fluidez ao fluxo de veículos nas ruas da cidade.

    Os ônibus do transporte coletivo ganharam computadores de bordo, com GPS, tela e botões de alarme que permitem contato imediato com o Centro de Controle Operacional (CCO). Os principais cruzamentos da cidade terão câmeras, enquanto painéis para avisos já começaram a ser colocados em pontos estratégicos.

    “A central propicia um melhor planejamento e uma melhor operação do trânsito e do transporte público”, disse o presidente da Urbs, Marcos Isfer.

    Segundo ele, o sistema que está sendo implantado em Curitiba é um dos mais modernos do País. “É o começo do começo”, afirmou o prefeito Luciano Ducci (PSB). Ele pretende que, futuramente, o CCO transforme-se em uma central de controle de todos os serviços da cidade, entre eles a segurança e a saúde pública.

    Por enquanto, a sala comporta 21 técnicos que monitoram um mapa que apresenta o fluxo de veículos em alguns cruzamentos, as imagens recebidas de cinco câmeras e a circulação de ônibus  em três eixos da capital.

    Mas a previsão é de que até o fim do ano haja 89 câmeras, número que deve aumentar para 711 para a Copa do Mundo em 2014. As câmeras colocadas em postes de 15 metros permitem aos técnicos uma visão de 360 graus dos pontos estratégicos da cidade.

    Essas imagens são cruzadas com as informações recebidas em outro painel instalado no CCO que mostram o fluxo em alguns cruzamentos onde existem “semáforos inteligentes”.

    Os equipamentos neles instalados contam o volume de carros que passam a cada cinco minutos e a cada hora.

    “Quando visualizamos que há um acúmulo de veículos em determinado sentido podemos fazer com que mude o tempo do semáforo”, disse Isfer.

    O objetivo é evitar que os motoristas dos mais de 1,2 milhão de veículos de Curitiba fiquem parados quando não há trânsito na via transversal.

    Do mesmo modo, os sinais poderão ter seus tempos adiantados para a passagem de pedestres, caso os técnicos percebam que veículos demorarão a chegar a determinado cruzamento. Até o fim do ano, a previsão é ter 1,1 mil áreas com controle de semáforo.

    São essas informações que também permitirão aos técnicos exibir orientações aos motoristas sobre ocorrências nas vias e as alternativas viárias.

    Por enquanto, há três painéis fixos instalados em ruas da cidade, número que chegará a 14 em junho e a 44 até o fim do ano.

    Além deles, a Urbs contará com 11 painéis móveis para serem utilizados em situações emergenciais. As mensagens apresentadas podem ser alteradas a um simples toque de tecla na central.

    No caso do transporte coletivo, todos os 2.329 ônibus receberam computadores de bordo, com GPS.

    Hoje, se algum motorista acidenta-se ou se os veículos apresentam problema, há necessidade de entrar em contato com as empresas por meio do telefone celular.

    Com o novo sistema, basta o motorista pressionar um botão que indica acidente ou outro que notifica problema mecânico que o CCO imediatamente terá a informação acionando o socorro.

    Se houver interdição de pista, os motoristas que por ali passariam são informados em uma tela sobre a alternativa.



    Publicado por jagostinho @ 09:23



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.