Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 06abr

    REDAÇÃO BONDE

    Hoje quem vem ao Paraná não vê tudo. Experimenta apenas fragmentos de um destino, que poderia ser ainda mais emocionante.

    As Cataratas do Iguaçu se apresentam como o grande ícone turístico do Estado e do Brasil.

    Curitiba, se apresenta como uma cidade inovadora, consolidada como uma ótima cidade para negócios e se descobre a cada dia como uma deliciosa opção de lazer.

    A Serra do Mar cortada pelos trilhos centenários também é atração para todos os públicos e pode ser explorada em todos os segmentos do turismo.

    Reprodução

    Guaraqueçaba

    Como integrar estes destinos para que o Paraná seja visto como um único destino? Em geral, quem vai a Foz não vai a Curitiba. Quem vai a Curitiba não vai a Foz, e poucos esticam para a Serra do Mar, suas cidades históricas, litoral e suas ilhas, como a Ilha do Mel.

    Com atrativos e destinos de alto nível e com boa estrutura receptiva há evidente oportunidade de apresentar o Paraná como um só, onde turistas gastem noites e dias mais para apreciar as belezas do estado.

    Reprodução

    Cataratas do Iguaçu

    De ponta a ponta, Curitiba, Serra, Litoral a Foz do Iguaçu e vice-versa, passando pelos Campos Gerais, o Paraná é natureza, inovação, cultura e história.

    Curitiba apresenta sua multiculturalidade na gastronomia, nas artes, nas festas, nos parques e monumentos.

    Cidade que respira organizadamente, através de projetos de urbanização, áreas verdes e seu planejamento paisagístico com monumentos de sofisticação estética.

    Sempre apresentando novidades, a Capital oferece uma efervescente atividade cultural que se pode curtir o ano inteiro.

    Reprodução

    Estrada de ferro na Serra do Mar

    A exuberante Floresta Atlântica na Serra do Mar, a maior área contínua deste bioma no país – a verdadeira “rain forest” é cortada pela história e por trilhos centenários em trabalho de engenharia exemplar.

    O maciço de suas montanhas forma um dos mais belos cenários brasileiros.

    Reprodução

    Morretes

    A já famosa Ilha do Mel e as cidades históricas de Paranaguá, Morretes e Antonina em meio a vales, baías e mangues em estado natural, com suas praias desertas, montanhas e seus sabores da culinária típica completam as atrações.

    Reprodução

    Vila Velha

    A vastidão e história dos Campos Gerais, lugar de passagem de exploradores como Cabeza de Vaca, Saint Hilaire e das centenas de tropas coloniais somam-se à imponência das Cataratas do Iguaçu e da energia de Itaipu, uma das maiores obras do homem contemporâneo.

    Todo este cenário deve fazer parte do desejo e planos de turistas que terão a oportunidade de descobrir a rica diversidade do nosso estado com suas várias portas de entrada e de saída.

    Para viabilizar essa nova experiência, o Núcleo de Turismo Receptivo de Curitiba criou roteiros que incluem ecoturismo, aventura, turismo gastronômico-cultural, lazer e compras.

    O Núcleo foi formado em 2008 por agências e pequenas operadoras de turismo, com apoio e incentivo do Sebrae, e tem como objetivo melhorar e articular o setor de turismo receptivo do Estado.

    Para saber mais e fazer reservas, acesse o site www.receptivocuritiba.com.br.



    Publicado por jagostinho @ 09:23



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.