Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 01abr

    SALA DE IMPRENSA – ITAIPU

    O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) contará, em breve, com um laboratório voltado para o desenvolvimento de novas tecnologias de projeção de grandes imagens. Trata-se de um projeto que vai explorar a arte da luminografia, técnica utilizada para iluminar edifícios e monumentos por meio de projeções de grandes imagens, transformando essas construções em obras de arte e espetáculos de luzes.

    A implantação do Laboratório de Luminografia é resultado de uma parceria entre a Fundação PTI – Brasil (FPTI-BR), a Assessoria de Comunicação Social Brasileira da Itaipu Binacional e o artista ítalo-francês Gaspare di Caro, com o apoio da Organização dos Estados Íbero-Americanos (OEI) e do Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu (Fundo Iguaçu). O objetivo desse laboratório é desenvolver equipamentos e soluções para projeção de imagens, criando novas experiências para os turistas que visitam os atrativos do Destino Iguaçu.

    projeto está sendo coordenado pelo artista Gaspare Di Caro, que, esta semana, assinou mais um importante trabalho: a iluminação da Catedral de Havana, em Cuba. O show Arte Luz faz parte da programação de boas-vindas ao Papa Bento XVI, que visita o país pela primeira vez.

    Di Caro já assinou trabalhos de luminografia arquitetural em todo o mundo, dentre eles a iluminação do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, da Fontana di Trevi, em Roma, da Fonte de Cibeles, em Madrid, do Estádio de Futebol San Siro, em Milão, além da participação na iluminação da Torre Eiffel, em Paris. No ano passado, o artista trabalhou na Campanha Vote Cataratas, com a iluminação do Museu Nacional da República, em Brasília, e do Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba.

    Agora, no Laboratório de Luminografia, Di Caro vai contribuir para o desenvolvimento de diversas tecnologias de projeção, utilizando, na maioria, partes de componentes nacionais. Com o desenvolvimento de um projetor nacional, o PTI não vai apenas dominar as tecnologias de luminografia, mas também contribuirá para a criação de novos negócios e para o desenvolvimento do turismo na região. Além disso, a proposta do projeto é desenvolver ações para o repasse do conhecimento técnico e artístico para pessoas que querem atuar na arte da luminografia.



    Publicado por jagostinho @ 18:29



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.