Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 25out

    UOL FUTEBOL

    O ex-jogador e atual comentarista esportivo Neto afirmou que é muito comum “a homossexualidade nas

    Ex-jogador diz saber de cartolas que abusaram de jogadores menores de idade: "Mas eu não vou falar"

    categorias de base” dos clubes de futebol brasileiro.

    A afirmação foi feita em entrevista ao jornal “O Estado de S.Paulo”.

    A repórter, então, questionou o motivo que poderia existir para que houvesse mais atletas homossexuais nas categorias de base do que no profissional.

    Neto, então, explicou que o que existe, desde a época em que era jogador, nas décadas de 1980 e 90, é um assédio sexual, por parte de dirigentes de futebol, que se aproveitariam da condição econômica vulnerável dos pequenos atletas para exigir-lhes favores íntimos.

    As declarações de Neto, porém, não vieram acompanhadas de provas ou de nomes de pessoas envolvidas nos supostos crimes que o ex-jogador narra.

    “Muita gente usa o poder como diretor, como técnico, como outras coisas, para usar do benefício sexual com os meninos (das categorias de base)”, disparou o ex-atleta.

    Neto admitiu também que tomou conhecimento de atos como esse, embora jamais tenha denunciado à polícia, quando era gerente de futebol, na década de 2000.

    “Essas coisas não são divulgadas, mas quando eu trabalhei como gerente de futebol (no Guarani) e quando fui jogador, a gente sabia disso. É velado. Para falar a verdade, é uma coisa muito séria, que o ministro dos Esportes e as autoridades deveriam olhar mais”, recomendou o comentarista.

    Ao ser diretamente questionado se violências desse tipo já teriam acontecido com algum “amiguinho” seu, Neto encerrou o assunto: “Ah, se eu estou falando isso é porque já, né? Mas eu não vou falar”.

    O comentarista ainda falou a respeito da possibilidade de entrar para a política. Segundo ele, já houve convites de alguns partidos, como PPS e PTB. Para o ex-jogador, que diz estar ganhando bem como apresentador de TV, não seria a hora, ainda, de se candidatar a um cargo público.

    Por fim, o ex-ídolo do Corinthians comentou também que vem assistindo a aulas de português, e chamou-se de “idiota” por não ter estudado além da quarta série.

    “Como estudei até o primário, tenho dificuldades. Faço aula particular uma vez por semana”, revelou.

    Publicado por jagostinho @ 14:08



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.