Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 13out

    BEM PARANÁ /AMANDA KASECKER

    Até o momento, os poucos trabalhos para o metrô foram de análise do solo em 2009 (foto: Franklin de Freitas)

    A presidenta Dilma Rousseff estará em Curitiba hoje para anunciar os investimentos do governo federal na construção do metrô da cidade, que vai ligar a região sul ao centro.

    O repasse do governo federal na construção do metrô deve ser de R$ 1,75 bilhão, sendo R$ 1 bilhão a fundo perdido do Orçamento Geral da União (OGU) e cerca de R$ 700 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    No total, quase 80% do valor total da obra. Além deste montante, o projeto do metrô ainda prevê investimentos de R$ 300 milhões do governo do Estado e a metade, R$ 150 milhões, da prefeitura de Curitiba.

    A construção do metrô é apenas mais uma das obras e melhorias que são feitas na Capital devido ao repasse de verbas de outras esferas administrativas.

    Com um orçamento de R$ 4,66 bilhões para o ano de 2011, a Capital tem dependido de repasses dos outros governos para conseguir realizar desde grandes até pequenas obras na cidade.

    Dados do Portal da Transparência do governo federal revelam que de janeiro a setembro de 2011 a presidente Dilma repassou R$ 678.016.418,59 para a capital.

    Já o governo estadual encaminhou R$ 545.704.322,29 para Curitiba, segundo o site Gestão do Dinheiro Público.

    Juntos, os valores dos dois representam quase 30% do orçamento total da cidade.

    Dentre os repasses do governo federal estão verbas para diversos programas como Bolsa Família e Pro Jovem Adolescente, assim como para as mais diversas áreas — saúde, educação, cultura, agricultura, urbanismo, habitação, direitos da cidadania, segurança pública, desporto e lazer, comércio e serviços, indústria, encargos especiais, ciência e tecnologia, organização agrária.

    Esse valor ainda não inclui grandes projetos como o PAC da Copa, em que R$ 222 milhões serão investidos em obras de mobilidade urbana para a Copa 2014.

    Dentre as obras estão corredor Aeroporto/Rodoferroviária (Avenida das Torres); requalificação da Estação Rodoferroviária e seus acessos; corredor da Avenida Cândido de Abreu; extensão da Linha Verde Sul; requalificação do corredor da avenida Marechal Floriano Peixoto; Sistema Integrado de Mobilidade (uma rede inteligente de organização de trânsito) e a reforma e ampliação do Terminal Santa Cândida.

    Outro grande montante repassado pelo governo federal foi referente à restauração e manutenção rodoviária, liberado em sete lotes, no valor parcial ainda de R$ 757,6 milhões.

    Dentre essas obras estão o Contorno Sul de Curitiba, com R$ 120 milhões, por exemplo.

    Publicado por jagostinho @ 14:05



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.