Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 06out

    FOLHA.COM

    O deputado Roque Barbiere (PTB) reafirmou, em entrevista, a acusação de que parlamentares da Assembleia Legislativa de São Paulo enriqueceram negociando emendas com prefeituras e fazendo lobby para empreiteiras.

    Ele, no entanto, disse que não daria nomes nem com “revólver na cabeça”.

    Sem dizer nomes, ele se referiu à Assembleia paulista como camelódromo. “Isso é igual camelô, cada um tem um jeito”.

    “Para os mais antigos, não é surpresa. Se fingir que é surpresa, é hipocrisia”, reiterou.

    Ele se referiu genericamente a deputados e ex-deputados e até a “alguns que já morreram”, e reafirmou que vai comparecer ao Ministério Público para prestar depoimento.

     

    Deputado Roque Barbiere diz que parlamentares da Assembleia de SP vendem emendas; assista à entrevista
    Deputado Roque Barbiere disse que parlamentares da Assembleia de SP vendem emendas; assista à entrevista

     

    Barbiere disse que, dependendo da maneira como for tratado, entregará um caso concreto para o promotor Carlos Cardoso.

    O deputado disse não temer a análise do caso pela Comissão de Ética, e destacou que pretende enviar por escrito na quinta-feira seu depoimento.

    Ele negou estar sofrendo pressão dos colegas e disse que a única pessoa com quem conversou sobre o caso foi o presidente estadual do PTB, deputado Campos Machado.

    GOVERNO

    Barbiere defendeu o governo do tucano Geraldo Alckmin e reafirmou ter alertado a atual administração de que haveria irregularidades no direcionamento de emendas.

    “O governador é uma pessoa séria. Eu apoio o governo, não quero esculhambar.”

    O governo, no entanto, nega que o deputado tenha apontado casos concretos de irregularidades.

    Barbiere também descartou a possibilidade de uma CPI na Assembleia para investigar o caso. “Você acha que alguém acredita em CPI?”, questionou.

    ACUSAÇÃO

    A acusação do deputado foi feita em depoimento ao jornal “Folha da Região” de Araçatuba no dia 10 de agosto.

    Na ocasião, Barbiere afirmou que de “25% a 30%” dos 94 deputados estaduais ganharam dinheiro vendendo emendas.

    “Tem bastante fazendo isso. Não é a maioria. Mas tem um belo de um grupo que vive, sobrevive e enriquece fazendo isso”, disse o deputado.

    Na entrevista, Barbiere negou ter vendido emenda e disse que não citaria nomes por não ser “dedo-duro”.

    “Não vou ser dedo-duro e não vou citar. Mas, existe ao meu lado, existe vizinho, vejo acontecer, falo para eles inclusive para parar. Aviso que se um dia vier a cassação do mandato deles, não vir me pedir o voto porque vou votar para cassá-los. Mas, não vou dedurar.”

    Publicado por jagostinho @ 19:07



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.