Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26jul

    PARANÁ ONLINE/FELIPE LESSA

    Os votos dos conselheiros do Atlético encerraram, na noite de ontem, o impasse

    Ex-presidente estima que a obra vai custar entre 130 e 180 milhões

    sobre a modelagem adequada para as obras de adequação da Arena da Baixada para a Copa do Mundo 2014.

    A proposta apresentada pelo ex-presidente, Mário Celso Petraglia, superou as das construtoras OAS e Triunfo.

    120 votos contra 35 da OAS e 27 abstenções.

    A montagem de uma comissão de propósitos específicos, com a presença de oito integrantes do conselho deliberativo e um presidente, será o próximo passo do clube.

    A expectativa é que o próprio Mário Celso Petraglia assuma o comando das obras da Arena, estimadas pelo ex-presidente em R$ 180 milhões.

    Pela escolha dos conselheiros, o Atlético realizará a obra com recursos próprios, ficando assim livre do pagamento de comissões ou porcentagens de receitas de sócios e de eventos na Arena para as construtoras.

    Logo que anunciado o resultado da votação, que ocorreu individualmente e de forma nominal, pelo menos 40 atleticanos que aguardavam em frente ao estádio comemoraram e gritavam palavras de ordem.

    “Somos sócios do clube e não das construtoras”, diziam.

    Emocionado, Mário Celso Petraglia também comemorou muito a vitória de sua proposta, mas preferiu enaltecer o nome do Furacão.

    “Não foi uma vitória de ninguém que não seja o Atlético e sua retomada. Os resultados e as receitas (com a adequação da Arena ao caderno de encargos da FIFA) serão exclusivamente do nosso clube”, disse.

    Petraglia ressaltou que a busca pelos recursos passa a ser imediata e lamentou a postura da gestão atleticana do atual presidente, Marcos Malucelli.

    “Foram dois anos e dois meses perdidos. Agora, nosso prazo é curto”.

    Apesar das divergências com Mário Celso Petraglia, Marcos Malucelli avaliou como positiva a escolha do conselho deliberativo.

    “Foi uma vitória do Atlético, depois de sessão extraordinária do conselho. Ocorreu tudo de forma democrática”, disse.

    De acordo com o secretário de governo para assuntos da Copa, Mário Celso Cunha, a necessidade agora é acelerar o processo das obras.

    “Nós já deveríamos ter começado”.

    Vices

    O 1.º vice presidente passará a ser Diogo Fadel e o 2.º vai ser Henrique Gaede.

    Publicado por jagostinho @ 02:53



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.