Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 14jun

    AGÊNCIA ESTADO

    Os valores médios do etanol hidratado caíram nos postos de 21 estados brasileiros na semana passada, de acordo com dados coletados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

    Houve aumento de preços no Acre, no Amapá, no Ceará, no Paraná e no Distrito Federal. Em Roraima, os valores médios ficarem estáveis.

    A queda semanal média nos postos brasileiros avaliados pela ANP foi de 1,34%, para R$ 1,913 o litro, o que levou o etanol a 69,06% dos R$ 2,770 cobrados pelo litro da gasolina no País.

    Com isso, apesar de a gasolina ter vantagem na maioria das unidades da federação, se considerada a média dos preços do País o uso do etanol é mais vantajoso para o consumidor que possuir um veículo flex (bicombustível).

    Em um mês, a queda acumulada do etanol na média brasileira chega a 13,98%.

    A vantagem do etanol é calculada considerando que o poder calorífico do motor a álcool é de 70% do poder nos motores à gasolina – ou seja, o motorista tem vantagem econômica com o preço do combustível de cana até esse porcentual do valor cobrado nos postos pelo derivado de petróleo.

    A maior queda nos preços do etanol, de 4,84%, foi registrada nos postos de Tocantins.

    De acordo com os dados apurados pela ANP, o preço médio do litro do etanol naquele Estado variou de R$ 2,148 para R$ 2,044 na semana passada e chegou a 69,74% de paridade com a gasolina, que custa em média R$ 2,931.

    Em São Paulo, maior produtor nacional do combustível, o preço recuou 1,73% na semana passada e acumulou queda de 15,78% no mês.

    O litro do hidratado nos postos paulistas ficou em R$ 1,649 em média na última semana, ante R$ 1,678 na semana anterior.

    Em Minas Gerais, segundo maior produtor, o preço do hidratado caiu 1,29% na semana, de R$ 2,097 para R$ 2,07.

    No Paraná, terceiro maior produtor, o valor médio subiu 0,11%, de R$ 1,715 para R$ 1,717 o litro.

    No entanto, em Minas Gerais ainda é mais vantajoso ao consumidor abastecer com gasolina, já que a paridade é de 73,82%.

    No Paraná, o etanol é mais vantajoso, com paridade em 64,84%.

    No Brasil, o menor preço médio para o etanol foi registrado em Mato Grosso, de R$ 1,505 por litro.

    O preço médio máximo foi de R$ 2,563 por litro, no Acre. O menor valor em um posto foi registrado no Estado de São Paulo, de R$ 1,34 o litro, enquanto o maior custo apareceu em um posto do Pará, de R$ 3,10 o litro.

    Etanol x gasolina

    Os preços da gasolina seguem mais competitivos que os do etanol em 21 estados brasileiros e no Distrito Federal, de acordo com os dados da ANP.

    Já o preço do etanol é mais vantajoso que o da gasolina para os consumidores de Goiás, Mato Grosso, Paraná, São Paulo e Tocantins.

    Mato Grosso segue como o estado em que o etanol é mais competitivo, com 55,68% do valor médio da gasolina.

    Na semana passada, os consumidores mato-grossenses pagaram R$ 1,505, em média, pelo preço do álcool e R$ 2,703 pelo da gasolina.

    Em São Paulo, que concentra quase 60% do consumo de etanol, a proporção está em 61,76%, com o preço médio de R$ 1,649 para o combustível de cana-de-açúcar e R$ 2,67 para o de petróleo.

    A gasolina está mais vantajosa principalmente no Piauí, onde a paridade com o etanol chegou a 90,87%.

    No Estado, a gasolina custa em média R$ 2,575 o litro e o etanol, R$ 2,34. No Amapá, a paridade foi de 86,52% e, no Amazonas, atingiu 86,41%.

    No cálculo são utilizados valores médios coletados em postos de todos os estados e no Distrito Federal.



    Publicado por jagostinho @ 11:26



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.