Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 09jun

    Com a pressão voltando à normalidade, a razão começa a comandar e neutralizar a

    Marcelo Oliveira - dois erros fatais

    paixão, então já dá para escrever sobre o jogo de ontem, numa noite histórica para o futebol paranaense.

    Fora da imprensa esportiva já há mais de sete anos, mas antenado vou analisar o jogo, onde o Coritiba venceu mas perdeu a Copa do Brasil.  Em competição mata-mata todo jogo tem 180 minutos.

    A impressão que tenho é que o treinador do Coritiba, Marcelo Oliveira não atentou para isso e cometeu dois erros que foram fatais.

    No futebol é assim: os acertos são demorados para dar resultados. Já os erros têm consequências imediatas.

    Primeiro erro: apresentar como a grande surpresa para a partida o jogador Marcos Paulo foi, no mínimo, de uma infelicidade inexplicável. Até porque para mim é um jogador de mediano para baixo.

    Quantas partidas jogou Marcos Paulo nesta brilhante trajetória do Coritiba neste ano? Três? Quatro?  Pouco importa. Não se concebe que jogue Marcos Paulo e Marcos Aurélio fique no banco.

    Ah, mas Marcos Aurélio só poderia jogar 45 minutos ! Pois que fosse. Mas tinha que começar jogando. Afinal, já estávamos no segundo tempo de uma partida de 180 minutos. Elementar, meu caro Marcelo Oliveira.

    Segundo erro: no primeiro tempo da decisão, lá em São Januário, o Vasco ganhou com um gol construído nas costas de Lucas Mendes. Tudo bem, Mendes estava improvisado.

    Mas, no jogo do campeonato brasileiro, domingo, na vitória de 5 a 1, sobre o mesmo Vasco, houve o retorno de Eltinho que jogou bem. Aliás, muito bem. Ontem, ficou no banco.

    E o primeiro gol do Vasco saiu por onde? Outra vez nas costas do improvisado Lucas Mendes.

    Depois deste gol, nada mais adiantou. O Coritiba foi guerreiro, mas o Vasco soube aproveitar-se da ansiedade e do nervosismo do Coritiba.

    Quanto à arbitragem, sem comentários. Este Sálvio é de uma geração que está em extinção. É da mesma escola de Abade, Seleme, Paulo Cesar de Oliveira e Edilson Carvalho(lembram dele?). São verdadeiros artistas em enrolar um jogo. Uma vergonha.

    Aos torcedores coxas resta torcer para que o grupo não se abata e faça um bom papel no Brasileiro.

    Mas precisa de reforços. Quanto ao treinador, sei que as rédeas estão em mãos competentes que farão o melhor para o Alviverde.

    Mas que o treinador coxa pisou na bola , isso pisou.

     

     



    Publicado por jagostinho @ 20:50



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy
  • Curioso Disse:

    Analise perfeita Jota, o Marcelo Oliveira achou que estava treinando o ipatingá e respeitou demais o adversário tanto no Rio como aqui em Curitiba, lamentavel abraço.

  • Fernando Correa Martins Disse:

    Jota…

    Os erros começaram no RJ. Não podia jogar daquele jeito lá e deu no que deu. Uma pena. Mais erros aqui e mesmo com um time superior e vencendo, não foi suficiente. Bola para frente e fazer um Brasileirão histórico para coroar um ano e um time muito bom que foi montado.

    Abs

    SAV

    Fernando

  • Albano Disse:

    Jota

    Veja a invenção do treinador como custou caro.

    Como você mesmo disse esse Marcos Paulo não foi titular nem no brasileirão e me aparece entre os 11 na partida mais importante da historia do clube pós 85.

    Muito bem, errou e depois disse que não se arrependeu, até ai tudo bem de novo.

    Agora vamos a incoerencia dele, o mesmo Marcos Paulo nem no banco vai ficar contra o Botafogo e o Everton Ribeiro que nem no banco ficou contra o Vasco entra como titular na próxima partida.

    Pra mim isso se chama falta de comando no departamento de futebol, quem cobra o treinador por lá?

  • Albano Disse:

    Onde se le Brasileirão é no Lixão (estadual)

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.