Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 29maio

    FOLHA DE SÃO PAULO

    GRACILIANO ROCHA
    DE SALVADOR

    Wagner - "Até prova em contrário" tem de estar "solidário" com Palocci

    Quatro dias após os governadores petistas se reunirem para declarar apoio ao ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), disse ontem que o crescimento patrimonial do ministro “chama a atenção” e “tumultuou o ambiente político” no país.

    Em entrevista à Rádio Metrópole, de Salvador, Wagner disse ter se surpreendido com os R$ 20 milhões faturados pela empresa de consultoria de Palocci em 2010.

    Conforme a Folha revelou há duas semanas, o ministro multiplicou seu patrimônio por 20 nos em quatro anos e comprou um apartamento de R$ 6,6 milhões e um escritório de R$ 882 mil em bairro nobre de São Paulo.

    “Se foi ganho dentro de um trabalho normal, é mérito dele, mas chama a atenção, em um ano de consultoria, ganhar R$ 20 milhões. Todo mundo se surpreende, porque é um rendimento muito grande. Chama a atenção, como chamou a atenção o apartamento dele”, disse o governador à rádio.

    Wagner fez a ressalva de que Palocci, como ex-ministro da Fazenda do governo Lula, tem “formação privilegiada” e que a renda milionária foi obtida enquanto ele estava fora do governo.

    Ainda segundo ele, a oposição tenta criar um “ambiente de confusão” em torno do caso.

    CAMINHO CURTO

    O governador também criticou a demora do ministro em dar explicações sobre sua evolução patrimonial.

    Wagner disse que, quando há suspeitas, o “melhor caminho é o mais curto”.

    “Quanto mais demora, [há] mais gente levantando lebre, [há] mais questionamento sendo feito, não é bom para ninguém. Espero que ele rapidamente possa fazê-lo e aí pacifica essas coisas”, disse o governador.

    Na entrevista concedida à radio, Wagner afirmou ainda que já viu muita gente ser “enxovalhada e [depois] não ser nada provado”.

    Disse também que, “até prova em contrário”, tem de estar “solidário” com Palocci.

    Publicado por jagostinho @ 15:39



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Míriam Disse:

    Isso é só a ponta de um iceberg denunciado outrora pelo caseiro Francenildo dos Santos costa, sobre a República de Ribeirão Preto.
    Palocci e Delúbio são cofres importantes ao PT.
    Tudo fora abafado para que Lula não se envolvesse em crises que agora assolam Dilma, afinal, farinhas do mesmo saco.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.