Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24maio

    Gabinete Deputado Enio Verri/Assessoria de Imprensa/Roberto Sordi

    Em discurso nesta segunda-feira (23) na Assembleia Legislativa, o deputado líder da bancada de oposição, Enio Verri (PT)(foto), fez um alerta ao governo estadual sobre a diminuição da arrecadação no primeiro quadrimestre de 2011 e o risco de aumentar a concentração de renda nas regiões mais desenvolvidas do Paraná em detrimento aos municípios mais pobres.

    Verri disse que analisou o desempenho econômico do Estado e que os índices apontam para uma “situação de alerta”.

    De acordo com o deputado, houve diminuição de 13% na arrecadação da dívida ativa entre janeiro e abril de 2011 em comparação ao mesmo período do ano passado.

    “Esta diminuição é resultado de sonegação. Além disso, o Paraná registrou aumento de apenas 6% na arrecadação do ICMS neste período. Estamos apenas na 13ª posição entre todos os estados brasileiros, o que é muito pouco para nossa potencialidade econômica. O Paraná está diminuindo a arrecadação em um compasso maior do que outros estados.”

    Na opinião de Verri, o governo precisa agir com maior rigor no combater à sonegação e desenvolver políticas de recolhimento mais eficientes.

    “A diminuição da arrecadação não pode se tornar justificativa para o não pagamento dos fornecedores do estado no futuro.”

    O deputado petista também cobrou mudanças no programa Paraná Competitivo.

    De acordo com Verri, o programa é um avanço, mas falha ao não conceder estímulos diferenciados para empresas se instalem nas regiões menos desenvolvidas do estado.

    “Muitos anúncios de investimentos estão sendo feitos, o que é positivo, mas sempre nas cidades mais desenvolvidas. Se o programa não for ajustado, corremos o risco de ampliar ainda mais a concentração de riqueza no estado”.

    Verri afirmou ainda que governo federal ampliou em 32% o repasse do Fundo de Participação dos Estados ao Paraná nos quatro primeiros meses de 2011 se comparado com 2010.

    “O Paraná está recebendo mais recursos do governo federal, mas a arrecadação está caindo e corremos o risco de aumentar a concentração da riqueza no estado. Uma luz vermelha está acesa”.

    Publicado por jagostinho @ 16:07



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.