Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16maio

    Portal Bonde

    Imagem reproduzida do Twitter do padre Silvio Andrei mostra celebração em Salto, no interior de São Paulo

    O padre Silvio Andrei voltou a celebrar missas, realizar batizados e cumprir todas as funções sacerdotais um ano depois de ter sido preso.

    Atualmente, Andrei reside na cidade de Salto, município com pouco mais de 100 mil habitantes a cerca de 100 quilômetros de São Paulo.

    Ele celebra as missas na Paróquia Nossa Senhora do Monte Serrat, no centro da cidade.

    Os passos do pároco que completou 41 anos no último mês de abril podem ser conferidos no perfil que ele possui no microblog Twitter (@PeSilvioAndrei), com mais de dois mil seguidores.

    Pelas postagens, é possível perceber que ele chega a celebrar até três missas por dia, continua praticando esportes, principalmente futebol, e academia, além de vir com frequência para Londrina visitar a família.

    A reportagem do Bonde tentou entrevistar o padre, mas por meio de seu advogado, não quis se pronunciar.  

    Silvio Andrei Rodrigues foi detido na noite do dia 16 de maio de 2010, em Ibiporã. Ele dirigia um carro pela região central da cidade quando foi flagrado por policiais militares tentando persuadir um adolescente.

    O padre estava sem calça e com sinais de embriaguez. Ao ser preso, Silvio Andrei ainda tentou subornar os policiais. Os fatos estão descritos em uma ação que tramita na Vara Criminal da Comarca de Ibiporã.  

    O sacerdote responde processo por corrupção ativa, importunação ofensiva ao pudor e ato obsceno.

    Todos os crimes são negados pela defesa dele. “O fato é que ele bebeu, a ingestão de bebida alcoólica nunca foi negado. Agora, os outros fatos não têm o menor cabimento. Os policiais militares mudaram a versão que deram na Delegacia.
    Também houve contradição entre o menor (adolescente) e os policiais. São muitas incoerências”, afirmou o advogado Walter Bittar.

    Ele preferiu não revelar detalhes que serão explorados perante o juízo.  

    A última audiência judicial sobre o caso ocorreu semana passada (segunda-feira, 9), coordenada pelo juiz Sergio Neme.

    A reportagem do Portal Bonde não pode acompanhá-la. O processo segue em segredo de Justiça e Silvio Andrei será o último a prestar depoimento.

    Publicado por jagostinho @ 16:52



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • elias glaucio Disse:

    ‘Assim falai assim procedeis”

  • Míriam criptica Disse:

    Faça o que digo e não faça o que faço. Acho que o padre aprendeu com a política.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.