Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 14maio

    Paraná Online/Rodrigo Sell

    Leonardo substitui naturalmente o atacante Bill, que foi expulso contra o Palmeiras e não enfrenta o Ceará no jogo de ida da semifinal.

    Um mistério para a maior parte do elenco, o Ceará começa a ser destrinchado pela comissão técnica do Coritiba para não haver surpresas na partida de ida em Fortaleza, na próxima semana.

    Ontem, a CBF confirmou o confronto para as 21h50 de quarta-feira, no estádio Presidente Vargas.

    No Alviverde, todos sabem quem são jogadores como Geraldo, Vicente, Douglas Silva e Iarley, além do técnico Wagner Mancini, mas ainda desconhecem como o Vozão joga quando atua em casa, quais as principais jogadas e o que fazer para vencê-lo.

    Por isso, hoje e amanhã, no CT da Graciosa, foram reservados para estudar o adversário.

    “Sei que é uma equipe que teve méritos para chegar onde chegou. É uma equipe muito aguerrida e muito bem preparada taticamente, que exerce uma marcação forte. É um time experiente, um time que tem uma faixa etária mais elevada, com jogadores que já participaram de outros grandes clubes”, analisa o técnico Marcelo Oliveira.

    O treinador, no entanto, ainda espera mais detalhes para acertar a equipe.

    “Vamos preparados para tudo isso, e mais detalhes de jogo a gente vai ter do material dos nossos auxiliares”, avisa.

    Esse material será fundamental para deixar os jogadores a par do adversário que será enfrentado. O lateral-direito Jonas, por exemplo, ainda não viu o Vozão jogar este ano.

    “Sinceramente, assistir não assisti. Mas o Marcelo Oliveira, tenho certeza que assistiu, e vai passar os pontos fortes e fracos da equipe do Ceará”, revela o jogador.

    Vale lembrar que o Campeonato Cearense não foi transmitido nacionalmente nem em pay-per-view, e que alguns jogos do adversário de quarta-feira na Copa do Brasil coincidiram com os do Coxa.

    Por isso, por desconhecer o Ceará, Jonas não se considera favorito.

    “Só a imprensa fala isso, mas não vejo isso de que somos imbatíveis e vamos ser campeões. Deixo isso para vocês. Nós temos que manter os pés no chão, fazer o nosso trabalho e se formos para a final passando pelo Ceará podemos pensar em ser campeões”, pondera.

    Na visão de Marcelo, será mais um jogo difícil como os outros. “Eu acho que tem que haver cuidado e não pode ter desatenção”, aponta. Na estratégia do Coritiba, a meta será fazer gol fora de casa.

    “Eu tenho dito que o gol tem um poder muito grande. É preciso estar bem focado, concentrado e se preparar para isso em qualquer jogo de futebol. A Copa do Brasil tem essa peculiaridade, que são dois jogos, e são estratégias bem próprias e bem específicas”, finaliza o treinador.

    Publicado por jagostinho @ 17:11



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Antonio Disse:

    Jota bom dia, na minha opnião como torcedor, o Coritiba só perde este titulo da Copa do Brasil para ele mesmo. O Ceará pode ser um time aguerrido, mas nós temos qualidade para definir.
    Um abraço e obrigado pelo espaço.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.