Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 04maio

    Gazeta do Povo

    Um ano após assumir a prefeitura de Curitiba, Luciano Ducci (PSB) se tornou um

    Luciano Ducci: um terço dos curitibanos ainda não sabe que ele é prefeito

    rosto mais conhecido dos curitibanos, e manteve os bons índices de aprovação de seu antecessor, Beto Richa (PSDB).

    Entretanto, o porcentual de pessoas que não gosta da gestão de Ducci subiu 8,4 pontos porcentuais entre abril de 2010 e abril de 2011.

    Os dados fazem parte de um levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas com exclusividade para a Gazeta do Povo.

    Ducci assumiu o cargo em 30 de março de 2010, quando Richa deixou a prefeitura para concorrer ao governo do estado.

    Um mês depois, Ducci era um “ilustre desconhecido” para a maioria da população. Apenas 40% sabiam dizer que ele era o prefeito. Na pesquisa atual, realizada entre sexta-feira e domingo, esse índice subiu para 62,6%.

    No mesmo período, a taxa de aprovação passou de 71,4% para 69,2%. O que oscilou bastante foi a desaprovação: de 17,7% para 26,1%.

    “Talvez as aparições do prefeito, que serviram para ele se tornar mais conhecido, tenham se dado de forma exagerada”, avalia o cientista político Emerson Cervi, da UFPR.

    O nível de descontentamento se manteve estável ao longo de 2010, e só aumentou nos últimos meses (veja detalhes no infográfico).

    Recentemente, a gestão de Ducci esteve envolvida com temas espinhosos, como o aumento da tarifa de ônibus – no feriado de carnaval, a passagem passou de R$ 2,20 para R$ 2,50.

    Em março, reportagem do Fantástico mostrou irregularidades cometidas pela Consilux, que opera os radares da capital. Um diretor da empresa afirmou que era possível apagar multas.

    “Acho que o que mais afetou não foi o escândalo em si, mas os desmentidos. Primeiro o prefeito disse que ia romper o contrato dos radares, se falou em números. Depois a oposição foi conferir e viu que a empresa continua operando e recebendo”, acrescenta Cervi.

    Impacto eleitoral

    Apesar da desaprovação em alta, o potencial eleitoral de Ducci é considerado muito bom. Um terço dos curitibanos ainda não sabe que ele é prefeito.

    “Além disso, ele continua com uma aprovação muito boa, em torno de 70%. Dificilmente uma pessoa com essa popularidade perde a eleição”, observa o diretor do Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo.

    O instituto também questionou os eleitores curitibanos a respeito da eleição de 2012 para a prefeitura, conforme mostrou a Gazeta do Povo na edição de ontem.

    Em todos os cenários em que aparece, o ex-deputado federal Gustavo Fruet (PSDB) é o preferido, com 12 pontos de vantagem sobre Ducci.

    O prefeito afirmou ontem, por meio da assessoria de imprensa, que está satisfeito com a taxa de aprovação, e que se sente “motivado” a continuar com as obras e projetos a que se propôs.

    Demais governantes

    O governador Beto Richa e a presidente Dilma Rousseff (PT) também foram bem avaliados pelos curitibanos, com taxa de aprovação de 75% e 64%, respectivamente.

    Na comparação com os antecessores, o tucano é o grande destaque, e a grande maioria (62%) acha que a administração tem sido melhor que a de Roberto Requião (PMDB).

    Para um terço dos curitibanos, a petista tem se saído pior do que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na Presidência, mas a maioria (53%) considera que a administração está igual.

    O Paraná Pesquisas também questionou os curitibanos sobre o desempenho dos senadores paranaenses.

    Em uma escala de notas de 1 a 10, nenhum dos três se saiu muito bem, mas a maior nota foi conquistada por Gleisi Hoffmann (PT): 6,7.

    Em seguida aparecem Alvaro Dias (PSDB), com 6,2, e Requião, com 4,1.

    Publicado por jagostinho @ 11:38



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.