Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 04maio

    Site do Senador Roberto Requião

    A Comissão de Educação do Senado, presidida pelo senador Roberto Requião, aprovou nesta terça-feira, 3, a elevação da carga horária mínima, nos níveis fundamental e médio, para 960 horas anuais.

    A proposta foi apresentada pelo suplente do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), Wilson Matos, quando substituía o titular.

    O acréscimo de mais 160 horas anuais provocou intenso debate entre os membros da Comissão, com alguns senadores defendendo que estados e municípios com menores recursos financeiros dificilmente poderão arcar com o aumento do número de aulas, como disse o senador e ex-governador do Piauí, Wellington Dias.

    No entanto, o senador Roberto Requião conduziu as discussões para que fosse obtido consenso, já que não havia discordância quanto à justeza da proposta.

    Por fim, os senadores concordaram que o aumento da carga horária forçará o poder público a buscar recursos para implantá-la e que essa elevação é um passo a mais na direção do ensino integral, considerado pelos membros da CE como metal final da educação pública brasileira.

    A CE aprovou ainda projeto de lei do ex-senador Flávio Arns reconhecendo a equoterapia como método educacional e terapêutico, indicado especialmente para o tratamento de pessoas portadoras de necessidades especiais.

    Haddad de volta

    A Comissão aprovou também a convocação do ministro da Educação, Fernando Haddad, para esclarecer denuncias de que livros didáticos aprovados pelo MEC criticam o Governo Fernando Henrique Cardoso e elogiam o Governo Luís Inácio Lula da Silva.

    Requião acrescentou ao requerimento do senador Cyro Miranda (PSDB-GO) a convocação de dirigentes da Associação Brasileira de Editores de Livros Didáticos –Abrelivros, e a Editora Ática, do Grupo Abril, que produziu o livro com críticas a FHC, para também participarem da audiência, que vai ser no dia 10.

    Ainda por requerimento de Requião, a CE vai fazer uma audiência pública para debater os avanços da educação pública paranaense, examinando temas como a criação do livro didático público, o programa de formação continuada, o portal da educação, a informatização das escolas, o ensino profissionalizante.

    Para essa audiência vão ser convocados os ex-secretários da Educação do Paraná Maurício Requião e Ivelize Arco-Verde.

    Publicado por jagostinho @ 16:19



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • MÍRIAM Disse:

    O AUMENTO DA CARGA HORÁRIA IMPLICA EM AUMENTO DO ESPAÇO FÍSICO E REORGANIZAÇÃO DA GRADE CURRICULAR E MAIOR NÚMERO DE PROFESSORES.
    HOJE, NO PARANÁ E OUTRAS LOCALIDADES, TEMOS UM QUADRO DESFAVORÁVEL A ISSO , POIS , ALGUMAS ESCOLAS ESTÃO COM FALTA DE PROFESSORES, O TETO CAINDO , BANHEIROS QUEBRADOS ,ESCOLAS SEM MERENDA, FALTA DE ESPAÇO PARA A PRÁTICA DE ESPORTES E EDUCAÇÃO FÍSICA, FALTA DE INSPETORES, DE BIBLIOTECA COM O MÍNIMO DE LITERATURAS PARA PESQUISAS….E AINDA OS LIVROS QUE VÊM DO GOVERNO ESTÃO TENDENCIOSOS OU COM FALHAS DE IMPRESSÃO.
    MAURÍCIO REQUIÃO FALAR DA EDUCAÇÃO , DO PARANÁ? É PIADA.

    PORQUE NÃO CONVOCAM UMA DÚZIA DE PROFESSORES ENTRE AS DIVERSAS ESCOLAS? ACREDITO QUE ELES TEM MAIS A DIZER….

    E MAIS, UM GOVERNO QUE COLOCA EM SEUS LIVROS DIDÁTICOS CRÍTICAS AO GOVERNO ANTERIOR, NÃO ESTÁ SENDO DEMOCRÁTICO, ÉTICO E JUSTO. É NO MÍNIMO UM MEDÍOCRE.

    NOSSAS CRIANÇAS PRECISAM APRENDER QUE RESPEITO E CIDADANIA É DIREITO E OBRIGAÇÃO DE TODOS .CADA PRESIDENTE QUE PASSOU POR ESTE PAÍS TEVE SUA CARGA DE RESPONSABILIDADE E FOI NAQUELE MOMENTO HISTÓRICO, IMPORTANTE . SE FEZ OU NÃO FEZ, A VIDA E A HISTÓRIA IRÂO COBRAR .E ISSO É FATO!!!

  • antonio carlos Disse:

    Do jeito que a coisa vai a piasada vai ter carga semanal igual a dos deputados e senadores, as aulas irão de segunda à quinta-feira, porque afinal de contas ninguém é de ferro. E nos dias em que a merenda não for de agrado dos petizes, podem bater no pessoal da cantina. Tony

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.