Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 30jan

    Jornale

    Colheita da safra de verão está começando


    A colheita da safra de grãos de verão 2010/11 está começando no Paraná, devendo se intensificar a partir de fevereiro.

    Simultaneamente à colheita, o agricultor paranaense já começa a plantar o milho da segunda safra em todo o Estado.

    Relatório divulgado nesta quinta-feira (27) pelo Departamento de Economia Rural, da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, estima que o Paraná deverá colher cerca de 19,85 milhões de toneladas de grãos, volume 7% menor que na safra anterior (2009/10).

    Porém, a colheita está apenas iniciando e os avanços de produtividade por causa do clima propício podem revelar uma produção maior no decorrer do ano, explicou o diretor do Deral, Otmar Hubner.

    O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, ressalta que a colheita está ocorrendo num clima de preços bons para a maioria dos produtos, mas houve queda acentuada nos preços da batata, cebola e feijão, que vem sendo motivos de preocupação por causa dos prejuízos ao agricultor.

    A colheita de soja já iniciou no Oeste do Estado, devendo se intensificar a partir de fevereiro. A estimativa de produção aponta para uma produção de 13,79 milhões de toneladas do grão no Paraná, que é a segunda maior produção de soja já obtida no Estado.

    A produção recorde foi obtida no ano passado, quando foram colhidas 13,93 milhões de toneladas de soja no Paraná. Segundo Hubner, nesta safra o potencial das lavouras está bom e aponta para uma superação dos resultados obtidos no ano passado.

    A produção de milho deve atingir 5,34 milhões de toneladas, 21% menor que no ano passado quando foram colhidas 6,78 milhões de toneladas.

    Mas o rendimento esperado da cultura é bom, em torno de 7.600 quilos por hectare. Segundo Hubner, na safra 2010/11 a área plantada com milho na safra de verão alcançou apenas 735 mil hectares no Estado, a menor área plantada desde a década de 60.

    Em relação à safra passada, a redução de área foi de 18%, provocada pelos baixos preços na época de plantio e também pela preferência do produtor paranaense em plantar a soja nessa época do ano.

    O feijão foi um pouco prejudicado pelas chuvas na colheita, o que frustrou a expectativa de produção em algumas regiões. Porém, o levantamento do Deral aponta para uma produção 11% maior em relação ao ano passado.

    Para a safra 2010/11 deverão ser colhidas 541,56 mil toneladas do feijão da primeira safra, contra 489,59 mil toneladas colhidas em igual período do ano passado.

    Como consequência da queda da área plantada com milho na safra de verão, está crescendo a área ocupada com a cultura no período da safrinha, que vai de janeiro a junho.

    Na safra 2011, a área plantada com milho safrinha no Paraná já representa o dobro da área ocupada com a cultura durante o período tradicional de plantio do milho que é a safra de verão.

    O relatório do Deral aponta que o plantio com milho safrinha no Estado deve atingir 1,51 milhão de hectares, que representa um aumento de 11% sobre a área ocupada em igual período do ano passado que alcançou 1,36 milhão de hectares.

    Considerando as condições normais de clima desde o plantio, passando pelo desenvolvimento vegetativo até o ciclo final da colheita, a expectativa de produção para o milho safrinha é de 6,62 milhões de toneladas, também superando o volume de produção da safra normal.

    Publicado por jagostinho @ 16:10



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.