Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 22jan

    Fonte: Folha Online

    Nos sonhos, ele diz que fica sabendo as notícias que vão dar manchetes nos dias e meses seguintes.

    Entre suas previsões, por exemplo, o ataque às torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, em 2001, e o tsunami na Ásia, em 2004.

    O paranaense Jucelino Nóbrega da Luz diz ver tudo isso enquanto dorme, orientado pela voz de um mentor, que o acompanha desde os 9 anos de idade.

    Seu suposto dom de profecia já chamou à atenção da mídia e ele diz receber uma média de 100 cartas por dia de pessoas interessadas em saber mais sobre o futuro.

    A história dos supostos sonhos premonitórios de Jucelino da Luz está em “O homem à frente das profecias” (Âmbito Editores).

    O livro foi escrito por Mario Enzio, estudioso de religiões e fenômenos paranormais, que numa madrugada de insônia viu a reprise da entrevista dele no programa de Jô Soares e se interessou pelo caso.

    A ideia inicial era buscar evidências comprováveis, mas acabou escrevendo um livro sobre ele e suas visões.

    Jucelino da Luz não faz somente premonições sobre catástrofes ou atentados. Os supostos sonhos podem trazer também avisos para famílias inteiras, pessoas comuns, artistas, políticos e até religiosos, como o papa.

    A cada revelação-bomba na mão, professor Jucelino, como prefere ser chamado, escreve cartas aos envolvidos e faz o aviso formal para que algo seja feito e desviado o perigo.

    Aos 9 anos, ele diz que tentou avisar uma família sobre um acidente automobilístico na via Anchieta, mas ninguém acreditou em tão estranha profecia. No acidente, todos morreram.

    Cartas a Elvis Presley, a princesa Diana, a Fred Mercury, a Bill Clinton, a João Paulo 2, a Airton Senna. Na lista, algumas embaixadas e governos, como dos Estados Unidos, Inglaterra, Espanha.

    Algumas vezes ele recebe respostas, outras é solenemente ignorado. “Se eles receberam a informação e não fizeram nada, eu digo assim, me sinto menos culpado com minha consciência”, diz, no livro.

    Em longos dias de entrevista a Mario Enzo, ele explica que as premonições vêm com data e trazem já o endereço completo do destinatário a quem avisar.

    Contra o governo americano, ele pleiteia a indenização prometida para quem desse qualquer indicação sobre o paradeiro de Saddam Hussein.

    Segundo ele, em resposta à sua carta, recebeu do governo dos EUA a promessa de 25 milhões de dólares.

    “E ficou aquela mentira”, explica. Sentindo-se engabelado, resolveu entrar na Justiça.

    Segundo o autor, mesmo não sendo em 100% dos casos, as previsões de Jucelino da Luz se confirmam.

    Em resposta, ele diz: “Eu não me sinto diferente. Os sonhos existem para todos. Eu também sonho”.

    Clique aqui para comprar

    Publicado por jagostinho @ 13:07



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • maria aparecida Disse:

    Mande este senhor trabalhar como eu para ver se tem tempo para sonhar coisas. Se deus te deu de graça para que cobra? Mande para mim uma carta falando que vou ganhar na loteria,mande os numeros por favor, kkkkkkkkkk

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.