Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 18jan

    Fonte:- Coluna de Celso Nascimento/Gazeta do Povo


    OLHO VIVO

    Fica 1

    Embora ainda não tenha sido oficialmente confirmado pela presidente Dilma Roussef, já se tem como certo que Jorge Samek continuará presidente da Itaipu Binacional.

    A gigante hidrelétrica vinha sendo objeto de cobiça do senador Osmar Dias e do ex-governador Orlando Pessuti.

    Ambos foram importantes na estratégia de sustentação no Paraná da candidatura presidencial e se considerava como normal que fossem recompensados com posições de direção no governo federal.

    Fica 2

    A disputa de Osmar e Pessuti pelo mesmo cargo, no entanto, acabou por favorecer a permanência de Samek.

    Se Dilma nomeasse Osmar, Pessuti ficaria aborrecido; o contrário também seria verdadeiro.

    Então, a melhor solução seria não mexer com Samek – que, a seu favor, tem também o fato de ser amigo pessoal de Lula e de se incluir entre os petistas históricos.

    Para os dois pretendentes, há ainda aberta uma vaga na diretoria do Banco do Brasil.

    Para Osmar, já há convite para coordenar no Sul do país as ações do ministério da Ciência e Tecnologia.

    Irregular? 1

    O Conselho Nacional do Ministério Público autuou sob o número 43/2011-56 uma representação formulada pelo procurador aposentado Ubijara Índio do Brasil contra susposta irregularidade na nomeação de dois secretários do governo Richa – ambos procuradores na ativa do Ministério Público do Paraná.

    Ele argumenta que a Maria Tereza Uille não poderia ser nomeada secretária da Justiça e Cid Vasques não poderia ocupar o cargo de Corregedor e Ouvidor Geral.

    Irregular? 2

    Para Índio do Brasil, os dois casos de assemelham ao do ex-secretário da Segurança Luiz Fernando Delazari, que acabou sendo obrigado a pedir demissão dos quadros do MP para continuar no cargo.

    Mas há controvérsias: a restrição para que procuradores e promotores não ocupem cargos administrativos vale apenas para aqueles nomeados depois da promulgação da Constituição de 1988.

    Maria Tereza e Vasques ingressaram no Ministério Público antes dessa data – o que não ocorreu com Delazari.

    Publicado por jagostinho @ 09:48



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.