Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16jan

    Fonte:- Portal Bondenews

    Sair pela primeira vez com o homem dos sonhos, conversar e dar ótimas risadas com taças de vinho, pode ser arriscado.

    Afinal, se o encontro acaba entre os lençóis e com pernoite, a mulher pode roncar a noite toda, afugentando sua conquista.

    “Homens têm mais propensão ao ronco do que mulheres. Porém, o álcool é um convite ao distúrbio para quem não costuma roncar, inclusive elas”, explica Dr. Eduardo Rollo Duarte, dentista especialista em distúrbios do sono.

    A relação entre o álcool e o ronco é muito próxima. “A substância alcoólica relaxa os músculos do corpo, inclusive na região da garganta. Esse relaxamento ajuda a fechar o canal da passagem do ar, causando a vibração do ronco”, diz Dr. Eduardo.


    Definitivamente não é nada romântico dormir nos braços do amado e roncar como uma britadeira.

    “Tudo que é em exagero gera consequências ruins. Beber faz parte da vida de muitas pessoas, mas em excesso, provavelmente causará uma noite mal dormida.”, defende o dentista.

    Engana-se quem pensa que o ronco é sinal de sono profundo. O barulho do ronco e a dificuldade de entrada do ar não permitem que o sono seja de qualidade.

    “O indivíduo não percebe, mas passa a noite toda em estado de semirelaxamento, e no dia seguinte, não se sentirá disposto como deveria”.

    Para quem ronca frequentemente, a solução é o tratamento.

    “Quem não se cuidar, terá por toda a vida falta de energia e sonolência. Além de causar insônia nas pessoas ao redor, ou no cônjuge.”, completa Dr. Eduardo.

    O risco de apneia em roncadores também é grande, uma doença grave proveniente do ronco, que impede a passagem do ar por completo, impedindo a respiração.

    O Tratamento

    Por incrível que possa parecer, próteses ou aparelhos nos dentes feitos especificamente para o paciente com distúrbios do sono, são métodos altamente eficazes para eliminar o problema.

    “Primeiramente, peço um estudo detalhado que pode ser feito em Clínicas de Exame do Sono, cujo responsável é um médico do sono. Com esse diagnóstico, temos condições de saber os níveis de ronco e se existem outros distúrbios do sono presentes, como a própria apneia ou o bruxismo.”, explica Dr. Rollo Duarte.

    O aparelho oral é confeccionado de acordo com o tipo de arcada dental de cada indivíduo.

    Existem vários tipos de aparelhos, escolhidos após uma avaliação das condições orais e faciais que incluem um exame odontológico completo da boca, dos dentes e gengivas, dos músculos da face e da mastigação e articulação da mandíbula – a ATM.

    “Com o aparelho, o ar vai passar por uma garganta ou via aérea mais aberta, livre da resistência provocada pelo relaxamento dos músculos aumentados nos indivíduos com ronco e apneia do sono”, finaliza o especialista.

    Publicado por jagostinho @ 17:44



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.