Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16nov

    FONTE:- GLOBO.COM

    Pivô de uma das maiores polêmicas do Campeonato Brasileiro deste ano, o árbitro Sandro Meira Ricci garante que a Comissão Nacional de Arbitragem aprovou a sua atuação na partida entre Corinthians e Cruzeiro, realizado no último sábado, no Pacaembu.

    – Todos os jogos da CBF são observados por profissionais experientes, que avaliam a arbitragem. Nesse jogo não foi diferente, e o retorno da comissão foi positivo – disse Ricci em entrevista à Rádio Bandeirantes.

    O árbitro disse não ter dúvida que acertou ao apontar pênalti em uma disputa de bola entre o zagueiro Gil e o atacante Ronaldo aos 42 minutos do segundo tempo.

    – Houve acerto na tomada de decisões capitais. Isso dá tranquilidade para seguir treinando e preparado para o próximo desafio (…) Saí de campo sabendo que haveria polêmica, mas com a mente tranquila. Às vezes não conseguimos acertar tudo, mas naquele caso sabia que estava certo – assegurou.

    Após a partida, o árbitro foi alvo de pesadas críticas dos cruzeirenses. O presidente do clube, Zezé Perrella, chamou o juiz de “picareta” e “safado”. E afirmou que ele havia sido “comprado” para beneficiar o Corinthians. Já o treinador Cuca insinuou que o time paulista estava sendo ajudado pela ligação do presidente do Corinthians, Andres Sanchez, com a CBF, citando que o dirigente foi chefe da delegação brasileira na Copa do Mundo.

    Sandro Meira Ricci, que é funcionário do Senado, confirmou que vai viajar esta semana para os Estados Unidos. O árbitro alegou que a passagem já estava comprada antecipadamente e que a saída do país não tem qualquer relação com o jogo de sábado.

    – Eu já estava com essa viagem programada e já havia pedido dispensa. Coincidiu com essa partida. A critério da comissão, estarei à disposição na 37ª rodada – disse.

    O ex-árbitro Luiz Cunha Martins, integrante da Comissão Nacional de Arbitragem, elogiou a arbitragem de Sandro Meira Ricci na partida de sábado:

    – Não pode se afastar um árbitro se ele não errou. Acho que não teria nenhum motivo para o Sandro ser afastado. Os árbitros têm sua vida particular e pode acontecer de pedirem afastamento por problemas particulares – disse, sobre a viagem do juiz.

    Publicado por jagostinho @ 16:38



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.