Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 05set

    FOLHA.COM

    Sem o apoio dos antigos companheiros de militância do PT, a candidata à presidência Marina Silva (PV) reuniu a família no primeiro dia de agenda pública em Rio Branco.

    Essa é a primeira vez, desde o inicio oficial da disputa ao Palácio do Planalto, que a senadora faz campanha no Acre, sua terra natal.

    “É um lugar de encontro com as pessoas que nos sustentam e nos dão apoio”, afirmou Marina na manhã deste sábado (4), na companhia do pai, Pedro Augusto, dos sete irmãos e do marido, Fábio Vaz de Lima.

    O pai de Marina afirmou não estar desanimado com o resultado das últimas pesquisas, que colocam a filha em terceiro lugar na corrida presidencial.

    “Eu não me levo pelas pesquisas. Uma acriana do seringal enfrentando uma barra dessas [tem que ter] muita disposição”, afirmou seu Pedro, 83.

    De acordo com pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, Marina segue com 10% das intenções de voto, contra 50% de Dilma Rousseff (PT) e 28% de José Serra.

    No Acre, o cenário é semelhante. Na última pesquisa do Ibope, publicada nesta semana, Marina está com 19% dos votos, atrás de Dilma (32%) e José Serra (34%).

    ‘Tudo o que eu sou na vida política eu devo ao Acre. Eu não tenho cobranças nem exigências com os acrianos. Eu venho respeitosamente pedir a ajuda deles’, afirmou Marina sobre a pesquisa.

    Companheiros de militância de Marina no PT, Tião e Jorge Viana, que concorrem ao governo e ao Senado, respectivamente, fazem campanha pelo interior do estado e não acompanharam a agenda da senadora.

    Na propaganda eleitoral, Tião aparece pedindo votos para Dilma Rousseff. ‘Na democracia a gente não exige o voto, a gente conquista o voto’, alfinetou Marina durante agenda no estado.

    Marina, entretanto, defendeu o nome dos petistas durante a agenda.

    “Eu me sinto coerente [em dar o apoio]. Estou fazendo o que sempre fiz. Estou dando continuidade ao nosso projeto”, afirmou.

    Assessores da candidata, entretanto, apontam certo ‘desencanto’ de Marina com o silêncio dos antigos colegas.

    Em Rio Branco, a candidata do PV inaugurou três casas de Marina a primeira delas, a duas ruas da casa do colega de Senado Tião Viana.

    Publicado por jagostinho @ 08:02



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • Carlos Broto Disse:

    Meu voto vai ser da Marina. Em protesto aos outros dois candidatos que não servem para o Brasil.

  • Ana Paula. Disse:

    Pessoal , quem não é Dilma vamos concentrar os votos na Marina e deixar este tucano em terceiro. Dae talvez desista da vida pública.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.