Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • O Povo Disse:

    O momento mais constrangedor do comício de ontem (2) da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Foz do Iguaçu, foi reservado ao ex-governador do Paraná e candidato do PMDB ao Senado, Roberto Requião.

    Mesmo ao lado de Lula, Dilma, do candidato ao governo, Osmar Dias (PDT), e da candidata ao Senado, Gleisi Hoffmann (PT), ninguém perdoou o ex-governador.

    Ele foi vaiado desde que foi anunciado e até quando o presidente Lula pediu votos a ele.

    Para tentar ganhar o público, Requião não discursou apenas em seu nome. Ele dava sempre um jeito de dizer o nome dele, do Lula e da Dilma. Ele tentou até dar detalhes de como decidiu apoiar a candidatura de Osmar Dias.

    – Sentamos na casa dele [Lula] eu, o Lula e a Dilma…

    Não adiantou. Ele foi vaiado durante quase todo o discurso.

  • T. Birnbaum Disse:

    A imagem é bonita. Um senador trabalhador, um presidente competente, um candidato a vice governador, jovem, ficha limpa e progressista. Ao fundo da foto, uma mulher de grade valor, companheira de um ex-governador. Mas na vida nem tudo é perfeito, na foto é possível ver uma mancha negra, a mancha do nepotismo, da prepotência, da ingratidão, do atraso e da falta de ética. Uma mancha chamada Roberto Requião. A ele, que há 30 anos enche o saco, perturba, estressa e atrasa o Paraná, aplica-se o que disse o grande orador romano Marco Túlio Cícero. “Até quando, tu Requião, abusarás da nossa paciência?”

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.