Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy
  • Pina Disse:

    Já ouvimos uma dezena de explicações porque Serra vai tão mal, porque a bancada do Lula vai tão bem em
    vários estados e em outros Estados a coisa funciona de forma desigual ao raciocínio geral. Em Pernambuco,
    o candidato neto de Miguel Arraes, Eduardo Campos, envolvido na questão dos precatórios, já colocou sobre
    o adversário Jarbas Vasconcelos nada mais nada menos do que 50% de diferença. Mas dentre os candidatos
    ao Senado a coisa está dividida entre PT e DEM, pois o ex-vice-presidente eterno da época dos militares e
    também da época pós Tancredo, Marco Maciel, não sai da cola do primeiro colocado nas pesquisas e tudo
    leva a crer que vá conquistar a segunda vaga. No Paraná, ganhando a corrida está Beto do PSDB, mas
    perdendo no Senado com Requião e Gleisi. Um do PMDB e outro do PT.
    Isso desarma as análises dos entendidos que se arvoram em serem chamados de cientistas políticos e eleva a
    categoria do pessoal de pesquisa que tem determinado as causas com mais eficiência.
    Um fato indiscutível é que Lula leva vantagem quando o apoiado está no gosto popular. Fosse o adversário
    de Dilma, o ex-governador de Minas, Aécio Neves, bem provável que a disputa estivesse apertadíssima. O
    povão sabe que é bom trocar as pessoas, mas seis por meia dúzia deixa ficar como está, como é o caso das
    eleições em Curitiba e cidade de São Paulo e o que está acontecendo na disputa majoritária. Mas alerta para
    um fato no Paraná. A eleição de Senado não está definida.

  • O Povo Disse:

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva não vai aceitar pressão por uma participação mais ativa em determinadas campanhas e já rejeita qualquer tentativa de responsabilizá-lo por eventuais derrotas de aliados nos estados. Mesmo sobre possíveis derrotas de candidaturas “forçadas” pelo PT e pelo Planalto, o presidente não aceita cobrança. O presidente fará esforço pelos candidatos aliados nos estados no limite em que esse empenho não prejudique a candidatura da petista Dilma Rousseff (…)
    (…)Lula já participou da campanha do senador Osmar Dias, do PDT, que praticamente foi obrigado por seu partido a ser candidato para dar palanque a Dilma, mas considera que não pode fazer muito mais, dado o favoritismo do tucano Beto Richa.
    O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), adverte que nenhum candidato pode cobrar de Lula resultado eleitoral.
    – O presidente Lula não é candidato. Se eu perder a eleição para deputado, como posso responsabilizar o presidente? Só tenho que agradecer por ser do mesmo palanque. Imagine se esses candidatos não tivessem em seu palanque um presidente com popularidade em alta, como Lula!.

  • Pereira Disse:

    Osmar tem que aproveitar essa última oportunidade, pois se não der resultado dificilmente vai conseguir em tão pouco tempo reverter essa tendência em todo Paraná.

  • J. Ouro Disse:

    Ou algo acontece nesses últimos dias [e acho que nem adianta mais não, pois o povo é burro mesmo!] ou serão favas contadas!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.