Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 31ago

    ASSESSORIA DE IMPRENSA/EDUARDO MIRA

    A campanha de Osmar ganhou um importante reforço nesta segunda-feira (30),

    Christiane e Maria Teresa-mães unidas

    em Curitiba.

    A empresária Christiane Yared não só declarou voto como se engajou na campanha do candidato do PDT ao governo do Paraná.

    Christiane é a mãe do jovem Gilmar Rafael Yared, morto junto com Carlos Murilo de Almeida no acidente provocado pelo ex-deputado estadual Fernando Carli Filho, na madrugada de 7 de maio de 2009.

    “Osmar é um homem que não tem nada que o desabone e nós precisamos de homens assim para governar o Paraná. Por isso estou nesta campanha, porque precisamos de pessoas com coragem, força e de família que abracem as famílias e a sociedade paranaense”, declarou ela.

    Ao longo desta semana, Christiane irá participar das caminhadas programadas por Maria Teresa Dias, mulher de Osmar, nos bairros de Curitiba e da Região Metropolitana pedindo votos ao candidato da coligação A União Faz um Novo Amanhã.

    “Qualquer pessoa que conhece a Maria Teresa vê o valor que ela tem. É uma mulher simples que abraçou a causa do marido e isso vai fazer a diferença. Quero um Paraná mais justo e melhor, por isso estou nesta campanha”, afirmou Christiane.

    “O apoio da Christiane é muito importante. Ela é uma guerreira, passou por muitas dificuldades e fez da sua dor uma bandeira para ajudar outras famílias. É maravilhoso ver que as pessoas de bem estão unidas e junto com a campanha do Osmar”, reagiu Maria Teresa, emocionada com a adesão.

    A primeira participação de Christiane na campanha foi nesta segunda, durante encontro de mulheres evangélicas na Sociedade Morgenau. Ela é pastora da Igreja Evangelho Eterno.

    Na luta que trava para ver punido o responsável pelo acidente que matou o filho e o amigo e todas as circunstâncias esclarecidas, Christiane fundou o Instituto Paz no Trânsito, que reúne mães que perderam filhos de forma trágica.

    Também integra o movimento O Paraná que Nós Queremos, por transparência na política, liderado pela OAB-PR e veículos de imprensa.

    Christiane também mostrou interesse em se engajar no trabalho de prevenção e reabilitação de dependentes químicos que Osmar irá implantar em todo o Estado, em parceria com as Casas de Apoio mantidas pelo terceiro setor.

    “Quero me engajar em toda causa que livre nosso jovem e dê oportunidade de ele viver. É a minha parte de cidadã, eu tenho que fazer a diferença. Nasci pra fazer a diferença assim como cada um de nós”, disse.

    Ela explica que seu engajamento é espontâneo e desprovido de interesse partidário: “Transformei minha dor na luta para a mobilização de uma sociedade mais justa e consciente de seus direitos e, principalmente, deveres. Onde estiverem pessoas que se importam com pessoas, nós temos que estar juntos e é por isso estou com Osmar”.

    Publicado por jagostinho @ 11:39



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

10 Respostas

WP_Cloudy
  • Paula Lima Disse:

    A causa dessa senhora Christiane Yared é nobre e comoveu a todas nós mães e familiares de jovens vítimas de violência, mas usar isso politicamente não acho correto e além de invalidar sua causa, acaba caindo em descrédito sua luta e articulação, pois ao lado de Osmar a quem ela dá apoio, está Requião, que retirou o sobrinho João Arruda de um acidente em que ele matou duas jovens e com uma carteirada liberou o rapaz que assasinou duas jovens da mesma idade do filho da Sra. Christiane, por isso acho que não deveria expor politicamente um caso tão revoltante e que a Justiça deve prevalecer bem como no caso do sobrinho de Requião.

  • Tina Disse:

    Não concordo com a Paula Lima. A senhora e mãe Christiane tem o direito de apoiar quem quiser. E deve ter suas razões em apoiar o Osmar e não outro. Talvez sentiu-se mais amparada na sua causa de acabar com a impunidade dos assassinos ao volante com Osmar e sua família.

  • Aretha Disse:

    Engraçada essa Paula Lima. Diz que não deve se politizar uma tragédia familiar e cita o sobrinho do requião. Ela pode? Quem está politizando é vc , Paula Lima. Seja mais coerente. E tomara que nunca aconteça uma tragédia dessas na sua família.

  • Hilda Penna Disse:

    Que belo exemplo de força nos dá a Christiane. Como mãe imagino o sofrimento dela. E se vai votar no Osmar é um direto dela. Ou não pode? Será que vão censurá-la na justiça também?

  • Olavo Disse:

    Minha solidariedade a Christiane e seu marido e família toda. É muito sofrimento que só os que acreditam em Deus conseguem suportar. E se ela vai de osmar eu vou por ela também votar no osmar. Ia votar no Beto, mas me comovi com o destemor dessa mãe e mudei em homenagem a ela.

  • TARCÍSIO Disse:

    A presença e o apoio de uma mulher extraordinária como a Christiane só enobrece e dignifica a campanha do osmar. Parabens. Soube escolher um homem de bem.

  • Paula Lima Disse:

    Tina e Aretha, eu simplesmente defendi meu ponto de vista, e acho que a causa da Sra. Christiane e seu marido Yared é muito nobre e me comoveu muito,sou solidária ao drama vivido e defendo a punição dos culpados até a prisão definitiva do assasino, só não acho correto misturar isso com assuntos de uma campanha política, pois acaba por perder a essência se misturar com assuntos gerais uma causa tão delicada e particular desta família vítima da irresponsabilidade de um delinquente!
    Eu a princípio não votarei nem em Osmar e nem em Beto, estou propensa em votar no PV de Salamuni e Marina Silva, mas isso é outro assunto, não tem nada haver com a causa que os Yared lutam, e que eu também estou completamente solidária! Fiz referência a questão envolvendo o sobrinho do Requião, pois isso é público e notório, e não acho de repente correto uns e outros explorarem os casos politicamente (dos Yared ou do Requião,ou outra pessoa qualquer), esse foi o meu posicionamento e minha forma de enxergar as coisas!

  • Prof. Benin Disse:

    Chistiane Yared, mãe do jovem Gilmar, morto junto com Carlos Murilo no acidente provocado pelo ex-deputado estadual Fernando Carli Filho, em maio de 2009, com repercussão na mídia nacional, acaba de aderir à campanha do candidato Osmar Dias (PDT).
    Sua primeira manifestação foi numa reunião com senhoras evangélicas de Curitiba. Ela é pastora da Igreja Evangelho Eterno. Comenta-se que sua “bandeira” de campanha é a morte do filho. Lamentável.
    (da sucursal de Curitiba)

  • Christiane Yared Disse:

    Queridos, minha luta não é pela morte de meu filho, mais sim pela vida dos que me restam.
    Aos que tem seus filhos em seus lares, que Deus abençoe voces e espero de todo o coração que jamais passem pelo que tenho passado.

  • Érica Disse:

    Christiane, preciso falar com vc. Trabalho com trânsito e neste mês é a Semana Nacional de Trânsito. Vc pode me passar seu telefone??
    O meu é 3353-3030

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.