Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 28ago

    PARANÁ ONLINE/ELIZABETE CASTRO

    Bernardo: clima favorável

    No dia seguinte à divulgação das pesquisas Ibope e Datafolha, que mostraram Beto Richa (PSDB) entre 13 e 17 pontos na dianteira, a campanha do senador Osmar Dias (PDT) planeja uma reação convocando os militantes dos partidos da aliança para irem às ruas pedir votos para o pedetista.

    Os candidatos ao Senado e as principais lideranças fizeram apelos para que peemedebistas e petistas arregacem as mangas em favor da candidatura ao governo.

    Em Curitiba, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse que a candidatura de Osmar pode se beneficiar do crescimento da candidatura de Dilma Rousseff (PT), mas que o processo não é automático.

    Dilma está vencendo o adversário tucano, José Serra, no Paraná. “É preciso trabalhar, é preciso reforçar a campanha. O próprio Osmar tem cobrado isso”, disse o ministro, que tem se dedicado à campanha nos finais de semana junto com a mulher, a candidata ao Senado, Gleisi Hoffmann.

    Bernardo afirmou que há um ambiente favorável ao crescimento da candidatura do pedetista, que precisa ser potencializado.

    “Tem muita gente acreditando que é importante para o Estado votar no candidato aliado ao governo federal. Nós precisamos saber trabalhar isso”, afirmou.

    A organização da campanha falhou em alguns pontos, mas agora, com as mudanças feitas há quinze dias, o grupo espera obter resultados.

    Uma das modificações foi agregar o ex-deputado Renato Adur à coordenação, que também conta com a consultoria do presidente da Itaipu, Jorge Samek.

    “Não há como negar que estávamos carentes de organização, mas esses problemas foram sanados”, disse. Gleisi Hoffman disse que também convocou todos para a luta da campanha eleitoral.

    “A campanha continua firme na rua. Temos que, cada vez mais, ocupar os espaços públicos das cidades, mostrar nossa campanha, nossas propostas. A Dilma está subindo nas pesquisas

    O Lula vai voltar ao Paraná, a Dilma também, e vamos fazer a campanha junto com o Osmar e o Requião. Tenho certeza que o Osmar vai dar uma virada”, avaliou.

    Acorda

    O ex-governador Roberto Requião (PMDB), companheiro de Gleisi na chapa ao Senado, fez uma chamada geral no seu partido.

    “Acorda PMDB Velho de Guerra. Vamos para as ruas dizer ao Paraná que Osmar é o governador sério que queremos. Precisamos de um governador de confiança. Eu o conheço como administrador e precisamos de alguém que seja do nosso time, o time do Lula, da Dilma e da Gleisi. Quando o Paraná perceber que o Osmar é Dilma, é Lula, não tenho dúvidas que vamos ganhar. Vai ser macuco no embornal”, comentou no twitter.

    Para o candidato a vice-governador, Rodrigo Rocha Loures (PMDB), a a eleição será decidida nos últimos dias da campanha.

    “Formamos uma grande aliança, com forte representação política e poder de mobilização em todas as cidades do Paraná. O momento é de ir para a rua, pedir voto e mostrar as diferenças que temos em relação ao nosso adversário. É a nossa própria atitude que vai nos fazer virar o jogo”, declarou.

    Ontem, em Ponta Grossa, Osmar, mais uma vez, evitou comentar as pesquisas eleitorais. Preferiu destacar que a próxima semana será de vitalidade na sua campanha, citando a vinda do presidente Lula e de Dilma em Maringá, no dia 1 e 2.

    Osmar afirmou que já apoiava Dilma quando ela tinha 13% das intenções de votos e que todos da sua chapa subiram nas pesquisas de intenções de votos.

    “Agora, a Dilma já passou o Serra. A Gleisi e o Requião cresceram. Com o apoio de todo o grupo e dos prefeitos e deputados que compõem a coligação, a nossa candidatura também será vitoriosa”, declarou.

    Publicado por jagostinho @ 13:33



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

5 Respostas

WP_Cloudy
  • Leonardo Disse:

    Estão certos os aliados do osmar. A eleição se decide no último mes. Agora o Betinho vai ver as verdades chocantes de sua admistração dez vezes com premiação comprada. O bicho vai pegar.

  • rock Disse:

    A coisa mais certa que a gente já pode garantir de ante máo é a vitória do Osmar, é obvio que as primeiras pesquisas refletem a opinião de parcela da população ou seja a mais abastada que toma suas decisões antecipadas e na maioria das vezes por interesses proprios, o povão mesmo esta sómente agora tomando conhecimento da existência das eleições e ja da para sentir nas ruas que uma onda em prol do Osmar esta se formando, ontem em uma caminhada em minha cidade encontrei vários conhecidos meus que nem o nome dos candidatos sabem, dai voce conta quem são os dois principais e a coisa fica como comer mamão com açucar, é so voce explicar que um é playboy que nunca teve uma carteira assinada e o outro é o Osmar que veio da lavoura, foi professor e secretário da agricultura o eleitor que não tem conhecimento ainda dos fatos da campanha toma uma decisão imediata dizendo em playboy eu não voto não, é mais fácil que tirar doces de crianças e quando voce fala a ele que o Osmar é apoiado por Requião e Lula então vira covardia, outra coisa que e fácil tirar votos do playbboy é so dizer para o povão que o Lula não quer um Governador da oposição para depois ficar encornando a Dilma, que ele prefere alguém com os ideiais populares dela, o eleitor na hora diz vou fazer o que o Lula pede. Essas campanha para o Osmar pouco a pouco vai ficar mais fácil que empurrar bebado na descida. Vamos Paraná vamos, Osmar, 12, Dilma 13 e Requião 151.

  • Pina Disse:

    BATE LÁ TOMA CÁ.
    Beto resolveu adotar a política do “bateu levou” nessa campanha de forma bem clara. Osmar
    falou da relação de Beto e Lerner como se isso fosse um crime ou um pesadelo, como se a
    relação dele, Osmar, com Requião não tivesse sido pior. Requião dizia ser Osmar um lernista
    privativista, hoje Osmar diz que isso é o Beto. Mas vejamos que os antigos detratores de
    Osmar hoje são seus aliados e o pior é que ele utiliza os chavões que foram utilizados contra
    ele por seus atuais aliados contra Beto, que foi seu antigo aliado, acreditando que isso resolve
    a questão. Pelo contrário, Lerner deu mais apoio a Osmar quando candidato contra Requião
    do que está dando ao Beto, e reparem que seus mais chegados correligionários de
    antigamente, hoje estão com Osmar e Requião (os da parte financeira de campanha). É muita
    incoerência em nome da política que não é tão desmoralizada assim em sua essência. Mas
    Beto lembrou uma coisa bem interessante. Quem era o presidente do Banestado por ocasião
    da privatização e que foi quem fez todos os preparativos para a sua privatização? O
    competente e secretário várias vezes no Paraná, ex-ministro de Lula, Reinhold Stephannes,
    hoje candidato a deputado federal pelo PMDB apoiando Requião e Osmar. E se Beto
    continuar no “bate lá, toma cá” vai ter uma montoeira de coisa para falar.

  • Jorge Fotografo Disse:

    Viva o Serra… estou muito feliz com ele… vindo ao Paraná e ficando ao lado de Beto Richa, o tiro sairá pela culatra e o povo perceberá quem é Beto Richa e quem o apoia… assim, a virada de Osmar Dias está sendo alavancada pelo visitante de SP que tenta pegar uma vaga na prancha do betinho. Só que a prancha é pequeninha e os dois serão tragados pela onda vermelha que já está começando a crescer nos mares do PR… Muito obrigado Serra por vir visitar o Betinho. Graças a você, iremos para o segundo turno e aí, já era: os olhos do Lula e da Dilma já eleita estarão voltados para o PR e você irá detonar com um dos poucos redutos tucanos que ainda está de pé.

  • joao carlos forsesse Disse:

    Jorge fotografo, voce tá coberto de razão, deixa esse tucano derrubado vir mais ao Paraná. É bom que venha tambem o povo do Dem do Distrito federal. Eles estão apoiando o Richa na coligação.
    Tenho fé em Deus que em 3 outubro eles vão ter a rsposta, chega de engomadinho, arquiteto de via verde ( que desastre de Via) inacabada por sinal.Isolando os bairros e instransponiveis nas horas de rush. Tem que pedir financiamento e dinheiro de fora, imaginem Curitiba não ter dinheiro para construir 9 KM, que beleza. Daqui a deis anos quando estiver concluida, vão querer cobrar pedagio do caos geral. Politica PSDB/DEM de privatizaçoes. FHC ( professor).
    Precisamos sim de um Governador futurista, não como o PSDB/DEM está tratando a capital dos Paranaenses.
    Cade a lei para proteger o usuário de Transito, a lei é somente para o condutor. Cade as faixas de sinalizaçoes de nossas ruas, absurdo essa importante via João Bettega e tantas outras apagadas de Curitiba.Bom faixa de sinalização encima de Buracos é dose. Se eu bater meu carro quem vai pagar, o prefeito eu garanto que não. Mas se eu passar a mais de 60 por hora, com certeza vem a multa.
    Da-lhe radar, da-lhe multa. Ridicula essa administração PSDB/DEM em Curitiba nos ultimos 8 (oito) anos.
    Será que esses caras não entendem que Curitiba engloba várias regioes metropolitanas e sua posição estrategia pode ser a Capital do Mercosul. Que existe um fluxo muito grande de turistas e negocios nessa Cidade.

    João

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.