Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 27ago

    ASSESSORIA DE IMPRENSA/GABINETE DO SENADOR ÁLVARO DIAS

    O senador Alvaro Dias (PSDB/PR) participou, nesta quarta-feira (25/08), em São Paulo, do Brazil World Cup Transportation Congress.

    No Congresso, que tem o objetivo de discutir problemas e soluções para a Copa de 2014, Alvaro Dias fez palestra apontando que a infraestrutura é a grande adversária do mundial e mostrou dados que reforçam os alertas da FIFA e do TCU sobre os atrasos nas obras de estádios, estradas, hotéis e aeroportos.

    O senador citou, por exemplo, que são necessários 32 mil quartos na rede hoteleira por cidade-sede e arredores e que, até agora, apenas o Estado de São Paulo atende a exigência.

    Destacou ainda que, além de os estádios não contarem com estrutura de transporte público, um estudo do IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – mostra que dez dos principais aeroportos já estão operando acima da capacidade máxima e que as obras caminham a passos lentos.

    Levantamento do site Contas Abertas com base nos 27 relatórios estaduais do PAC mostra que, dos 46 empreendimentos aeroportuários previstos para o período 2007/2010 e pós 2010, apenas nove foram concluídos até abril.

    E até o mês de junho, a Infraero havia gasto apenas 11% da dotação de investimentos autorizados para 2010.

    “Não podemos ignorar a questão dos radares e o controle do espaço aéreo no período da Copa. Dados do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos indicam que, até maio, foram registradas 77 ocorrências de quase colisão no Brasil. Este é um fato desconhecido pelos brasileiros”, disse.

    Outro dado apresentado por Alvaro Dias revela limitação na tecnologia 3G, que pode levar à pane na rede de telefonia em locais onde multidões fazem ligações ou enviam fotos e vídeos via celular simultaneamente.

    O senador também ressaltou que, das 265 obras listadas como necessárias nos portos, apenas 51 delas estão previstas no chamado PAC.

    O Governo estima a circulação de cerca de 600 mil visitantes internacionais e mais 3 milhões de brasileiros durante a Copa.

    O Congresso, organizado pelo International Business Communications (IBC), conta com representantes das agências reguladoras, dos governos federal, estadual e municipal, de empresas privadas, e das cidades-sede.


    Publicado por jagostinho @ 18:33



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Tadeu Genarilowski Disse:

    Este fala com conhecimento de causa. É o maior senador do brasil disparado. Nos causa orgulho. Mas seu partido tem muito traíras. Um deles e maior é o beto richa que acha que já ganhou e vai perder pro osmar. É só esperar o Lula chegar mais umas tres vezes aqui no paraná!!!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.