Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 27jun

    >>>>>>>>>   Põe sábado agitado nisto! As maiores vítimas foram os jornalistas e fotógrafos de plantão. Culpados? Pessuti e Osmar. Foi uma canseira e tanto. Confesso que não sei o que tanto conversam. Imaginava-se, depois das decisões  em Brasília, que as arestas finais seriam aparadas por agentes locais dos partidos.

    >>>>>>>>>   Claro que a sugestão do PSDB nacional para que o partido tivesse chapa-pura, com Álvaro na vice de Serra, divulgada em dia de jogo do Brasil, via twitter de Roberto Jeferson, do PTB, causou um alvoroço político. Afinal, Álvaro é irmão de Osmar e sabe-se que há um pacto entre eles, de não-confronto pessoal.

    >>>>>>>>>   Com o PT acompanhando tudo de perto e que abriu mão de alguns ítens para acertar o chapão das proporcionais, imaginava-se que, por não ser uma disputa direta entre irmãos, afinal Osmar enfrentaria Beto Richa e não Álvaro, não se discutiria esse assunto. Até porque se alguém tinha que respeitar um acordo, esse seria Álvaro, pois sua possível candidatura a vice de Serra, foi depois do acerto de Osmar com o PMDB/PT e mais nove partidos.

    >>>>>>>>>   Eis que, senão quando, numa reunião de Pessuti e Osmar, no Canguiri, ontem à tarde, a primeira-dama, Regina resolveu insistir para que Pessuti, seu marido fosse, de novo, candidato do PMDB. Segundo relato, de quem presenciou a cena, atônito, Osmar, simplesmente, foi embora. E, imediatamente, a comunicação do governo informava que, em função da desistência de Osmar à candidatura ao governo, Pessuti daria uma coletiva na sede do PMDB, para declarar que era o candidato do PMDB.

    >>>>>>>>>   Só que, em nenhum momento, se ouviu de Osmar que ele tivesse desistido. O pessoal do PMDB entrou em parafuso, principalmente os deputados. Feitas as contas, uma candidatura solo do PMDB, era uma aventura fatídica. As bancadas do PMDB minguariam. Como o PMDB tem convenção neste domingo, montou-se uma operação de guerra dos deputados para impedir que a convenção decida algo que represente um suicídio político.

    >>>>>>>>>   Pessuti que iria à sede do PMDB para a já convocada entrevista coletiva, mudou de rumo e foi até o apartamento de Osmar. O que falaram ninguém sabe. De lá foi até o PMDB, mas depois de um chá de banco na imprensa, lá pelas 21 horas, saiu sem dizer nada de candidatura e sim que deixava tudo para domingo.

    >>>>>>>>>   Não parou por aí. Uma caravana de deputados do PMDB foi até Osmar e ouviu dele que, se mantidas as decisões que já estavam definidas no acordão, seria, sim candidato a governador, independente do desfecho do episódio de Álvaro e sua contestada vaga como vice de Serra.

    >>>>>>>>>   A dúvida que restou foi o porquê da súbita mudança de Regina Pessuti. Conforme se espalhou pelas redes sociais, ela não teria gostado de algumas declarações de Requião, seu desafeto atual. E, raciocinam alguns, uma forma de pertubar o sossego do ex-governador é aventar a possibilidade de uma candidatura de Osmar ao senado. Será que seria isto? A conferir. Se é que alguém vai falar.

    >>>>>>>>>   Só para ficar registrado, o PT, parte interessada, e muito, na questão, através de seus maiorais. já informou que se não ficar mantido o que já estava ajustado, ou vai de candidatura própria ou apresenta um vice e coliga-se com Osmar para governador, junto com todos os outros partidos do acordão. O PMDB ficaria sozinho nesta jornada.

    >>>>>>>>>   Mais subsídios para quem gosta de encaixar peças. A convenção do PDT de Osmar, que é na terça, dia 29, já tem confirmadas as presenças de Dilma, Temer e Lupi. Será que viriam só para aplaudir a candidatura de Osmar ao senado? Sei lá… Então tá.

    Publicado por jagostinho @ 08:38



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.