Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26jun

    Ia fazer a história com mais capítulos. Mas acho melhor finalizar antes que apanhe de alguns leitores meus.

    Grifei ou sublinhei ( como vários me corrigiram) a palavra HOJE na nota oficial do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra – que sugere Álvaro como vice de Serra –  por um motivo muito simples:

    Como existe um acordo familiar entre os irmãos Dias, claro que um terá que respeitar a decisão do outro. Pela lógica (olha ela aí, outra vez), aquele que se posiciona antes tem que ter o apoio do outro.

    Ora, Osmar, que sempre enfatizou que é cumpridor de acordos ( coisa que o Beto não teria feito com ele) já fechou uma aliança com PT e PMDB, cabe, então, a Álvaro respeitar.

    Muitos dirão que não foi anunciada publicamente ainda. Acordo, aliança, acerto, como queiram definir, é válido quando as partes envolvidas selam a decisão e não só depois que a divulgam.

    Tanto é que na tarde de ontem, Osmar esteve com Pessuti, durante horas, discutindo detalhes apenas, pois o assunto já está definido desde a reunião em Brasília.

    Até porque, como são muito partidos envolvidos, muitos pormenores tem que ser ajustados.

    Mas o cerne central da questão, no caso a aliança PDT/PT/PMDB, já está consolidado.

    Então, é claro que Álvaro, de postura digna e sempre coerente, vai respeitar a decisão do irmão.

    Tanto quanto Osmar respeitaria se, meses atrás, o Álvaro não fosse rifado pelo PSDB local e nacional, e fosse o candidato tucano a governador do Paraná.

    Por isso, a palavra HOJE na nota oficial do PSDB nacional é providencial para que Álvaro, agradecendo a lembrança do seu nome para vice de Serra, recuse a sugestão. Tem que respeitar Osmar, que decidiu antes.

    E já está sendo sinalizada pelo senador Álvaro Dias esta recusa. Pois afirmou para o Brasil inteiro ouvir que “se for para o DEM sair, saio eu”, logo que tomou conhecimento da virulenta reação do DEM, que, informado da pretensão do PSDB, ameaçou sair da já tradicional aliança.

    Análise para mim é assim que se faz. Comentar depois do jogo é fácil. Tem que se posicionar antes dos fatos.

    Então, depois disto, concluo que o Serra ainda está sem vice.

    E, no Paraná, a aliança PMDB/PDT/PT será anunciada neste final de semana.

    E claro, a chapa completa de Beto Richa(outro tucano sem vice ainda), também, tem o prazo final até dia 30 de Junho.

    Aguardemos.



    Publicado por jagostinho @ 00:24



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

10 Respostas

WP_Cloudy
  • Gabriel Disse:

    Pois é, me peguei mais cedo pensando sobre isso:
    por que sempre o Osmar que tem que voltar atrás?
    O acordo dele vem sendo costurado há muito tempo com o PMDB e o PT.
    Seria mais justo o irmão Álvaro deixar o Osmar ser candidato a governador.
    Depois de tanto lenga-lenga, de tanta enrolação, depois do acordo pronto,
    na véspera da anunciação, aí vem o PSDB e coloca o Álvaro como vice?
    E o Osmar ainda quer dar pra trás? Tem gente com má vontade aí, hein!

    E o PSDB colocando um vice da única região onde (ainda) tem alguma vantagem, seria burro demais. Acho que vai acabar saindo um vice do DEM mesmo.
    Afinal, o PSDB quer (tentar) ganhar a presidência ou vai se contentar com o governo do Paraná? Ainda mais sendo o Beto Richa o candidato, né…

  • Tweets that mention http://208.113.167.84/?p=18729utm_sourcepingback -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by . said: […]

  • Antunes Disse:

    Você tem razão Jota, não faz sentido. O Álvaro não serve para ser canditado a governador, mas serve para ser vice-presidente???

  • William Disse:

    Respeito, mas não concordo com está sua analise.
    Primeiro que, se todos os partidos da base de apoio ao PSDB, especificamente o DEM vier a apoiar o nome de Alvaro Dias concerteza o Osmar se retira, pq ai eles devem fazer uma reunião familiar e ai o Alvaro ganha, pq o cargo alvejado por Alçvaro te infinitas vezes mais importante, nao que ser governador do Parana nao seja, mas se um vice presidente do Brasil tem lá suas…

  • William Disse:

    Gabriel, pois ai que está a tacada tucana, veja o vice de Dilma Rousseff, o q ele acrescenta em votos a ela?????????????????????????

    O vice da Marina, o q acrescenta????????
    Só $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    O PSDB escolhendo Alvaro Dias como vice de Serra, ele desmancha o palanque da Dilma no Paraná (PDT, PMDB e PT), Trás ai o PDT para o seu lado, boa parte do PMDB e olhe lá se nao vier todo.

    Veja vc que na penútima pesquisa Ibope divulgada em 07/06 a diferença de Serra p Dilma na região SUL era de 20% pontos e na última pesquisa Ibope divulgada em 18/06 essa diferença caiu p 12% pontos.

    Com a escolha de Alvaro Dias (Regiao SUL), Serra aumentaria essa diferença aqui na região SUL no minimo para uns 30%.

    Ai um ouco mais de esforço de Aércio em minas e Alckimin em São Paulo fecharia votos guase q suficientes p contrapor o nordeste.

    A cúpula do DEM ao invés de contrapor ao nome de Alvaro Dias eles deveria ter um panque forte a Serra no Rio de Janeiro, é de lá que é o presidente do partido DEM e nem isso eles foram capazes de fazer a Serra

  • William Disse:

    Outra na chapa da Dilma qual dos dois é nordestino??????????????
    Michel Temer = paulistano
    Dilma (mineira), que nao fez carreira politica em minas

  • William Disse:

    Temos q parar com essa bobagem de dividir o país.
    O petismo está infiltrando esta pratica de dividir o pais. Isso nao é bom para o pais e nem p a democracia.

  • Pedro Neto Disse:

    A cúpula do PSDB já entregou os pontos. O presidente do DEM, o carioca Rodrigo Maia, declarou que a eleição está perdida. A indicação de Álvaro é coisa do PSDB local, para retirar Osmar da disputa e facilitar a vida deste aguado, sem conteúdo, chamado Beto Richa. Dilma vai ganhar no primeiro turno, com aproximadamente 55% dos votos válidos. É o efeito Lula que, com 85% de popularidade, elege até um poste. Dilma não tem mérito algum, vai se eleger na condição de “laranja”, marionete. Lula vai governar mais 4 anos, até 2014, quando então irá se candidatar novamente a presidente. Vai repetir o que Chávez está fazendo na Venezuela, só que aqui não precisou alterar a constituição para se permitir disputar reeleições indefinidamente. Este Lula [não sou eleitor dele] é um gênio!

  • joão Pedro Disse:

    Caro Jota : suas opiniões são sensatas e precisas….sem paixões,procurando somente decifrar as verdades escondidas nas palavras.Acho que se o Osmar não acertar com O PMDB/PT,perderá a grande e últijma chance de ser Governador,comprometendo inclusive sua eleição ao Senado.Vice de Serra não é nada, pois ele vai perder.É pólvora perdida.Por isso não entendo tanta discussão.Acho que todos estes boatos fazem parte do jogo pré-eleitoral,no qual uma boa parte da imprensa é comprada ,influenciando maliciosamente a opinião pública(vide o Campana).

  • Gabriel Disse:

    Não acredito que o Serra tenha em parte alguma 30% de vantagem.
    A vantagem dele no Sul não vai ser grande, leia bem o que digo.
    O Álvaro não vai agregar o PMDB.
    O PMDB está com a Dilma, em sua maioria, e pronto.
    O PDT não vai com o PSDB porque o Lupi, presidente do partido, já disse que proíbe essa coligação, que a candidata do PDT é a Dilma.
    A Dilma vai, sim, se eleger presidente.
    Seja no primeiro ou no segundo turno. Seja com 30 pontos de vantagem ou com um só.
    O PSDB foi burro desde o início.
    A oposição tinha tudo para ganhar na maioria dos estados e a presidência.
    Mas como eles não sabem nem governar, nem fazer política e nem coligações,
    vão ficar ainda menores nessas eleições.
    E eu, particularmente, acho muito bom.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.