Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

8 Respostas

WP_Cloudy
  • Tweets that mention http://208.113.167.84/?p=18518utm_sourcepingback -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by . said: […]

  • Valmor Stédile Disse:

    Não será nenhuma novidade se nos próximos dias o senador Osmar Dias continuar batendo na tecla de que só poderá oferecer apoio completo para Dilma Rousseff se tiver presença completa do PT em sua campanha para o Governo do Estado, isto é, Gleisi Hoffmann de vice. É a preliminar para definir se Osmar terá ou não condições de estabelecer, em parceria com o PT, o enfrentamento do poderio que se arma no outro lado. Trata-se de um modelo eleitoral forjado nacionalmente pelo presidente Lula, que praticamente dividiu o país ao meio com a tese da eleição plebiscitária (anomalia constitucional), provocando reflexos nos estados. As condições estão postas e a cúpula petista (nacional) deverá dar a palavra final, se pretende Gleisi somando ou dividindo votos com Osmar.

  • Homero Pavan Filho Disse:

    Desculpe, Valmor, mas que raio de eleição plebiscitária é essa que já tem 13 candidatos, sendo 7 deles presenças obrigatórias nos debates?
    Até o momento, o único partido que retirou candidatura à presidência foi o PSB, com Ciro Gomes.
    A ser verdadeiro o seu raciocínio, Serra também dividiu o país ao meio, pois impede eventuais candidaturas do DEM, PPS e PTB, para ficar nos mais “famosos” partidos que o apóiam.
    Em minha opinião o Lula não dividiu nada, pelo contrário, está unindo. Deixasse na mão de outros no PT e vc teria certeza do que estou dizendo.

  • Homero Pavan Filho Disse:

    PS: Esqueci do Requião, que foi tirado da disputa. Penso, porém, que nem o Requião queria mesmo, ser candidato à presidência, ou teria ido pra outro partido, como foi a Marina Silva.

  • Homero Pavan Filho Disse:

    PS 2: E não foi o Lula que tirou o Requião, foi o grupo que manda no partido mais dividido do Brasil – PMDB.

  • Valmor Stédile Disse:

    Homero, o “raio de eleição plebiscitária” como você chamou tem sido projetado por Brasília, não é criação minha e nem invenção do momento. O presidente Lula só não cortou quem não quis ou não conseguiu, mas passou meses a fio fazendo esta pregação pelos jornais, você deve ter lido. Serra e o PSDB são beneficiários diretos da “visão política” do presidente, que a todo momento os invoca como dominadores do outro pólo eleitoral. Enfim, trata-se de constatação, nada mais. Deixasse nas mãos de outros do PT e poderíamos ter assistido como preliminar as prévias internas e quem sabe uma candidatura presidencial mais legítima, mesmo com Dilma ou outro postulante. O senador Cristovam Buarque também foi tirado da disputa presidencial por pressão de governo, ele próprio justificou assim quando retirou-se do páreo.

  • Mendes Disse:

    Caro Jota
    A sua coluna é sempre bem escrita, com análises consistentes e furos jornalísticos. Mas você poderia moderar a antipatia que sente pelo Beto. Claro, você é amigo do Requião, que aliás, não é flor que se cheire. Você adota a velha máxima “amigo não tem defeito; inimigo, se não tiver defeito, a gente arranja algum”. Contudo, você está perdoado, isso não chega a ser pecado, é apenas um pecadilho…
    Um abraço.

  • Olavo Martins Disse:

    Acho que devia ser a Gleisi, Mas o Caito é muito bom. E como gleisi e requião vão puxar votos para osmar em Curitiba, não importa qu8e o Caito seja do interior

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.