Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 19jun

    AGÊNCIA BRASIL

    O diretor de projetos da Transparência Brasil, Fabiano Angélico, disse que a maior dificuldade para a aplicação da chamada Lei da Ficha Limpa será a obtenção de informações precisas sobre a situação legal dos candidatos a cargos eletivos.

    Para o diretor da ONG (Organização Não Governamental), o principal gargalo para a efetividade da lei está no Poder Judiciário, cuja “desorganização” tende a dificultar que a sociedade e a própria Justiça Eleitoral saiba quem são os políticos impedidos de se candidatarem por terem sido condenados por um órgão colegiado (mais de um juiz).

    “Já antevemos problemas decorrentes da desorganização do Poder Judiciário, que, em geral, é refratário a modernizações. Há muita dificuldade em se obter a informação correta de quem é condenado e de quem responde a processos e será muito importante que a sociedade fique atenta”, diz.

    Nesta quinta-feira, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que a proibição de candidaturas de políticos condenados por crimes eleitorais, improbidade administrativa, ocultação de bens, entre outros já previstos anteriormente, se aplica também para os sentenciados antes do dia 4 de junho, data em que a nova lei entrou em vigor.

    Embora destaque que a eficácia da lei só poderá ser avaliada após a análise dos primeiros registros de candidaturas, Angélico avalia que a aprovação da lei – fruto de uma iniciativa popular que recolheu mais de 1,6 milhão de assinaturas – é um “importante passo” que pode provocar outras ações semelhantes.

    “Percebemos que é possível modificar alguma coisa e acho que as pessoas deveriam se basear neste movimento”.

    Veja a lista de alguns candidatos que podem ser impedidos de se candidatar, de acordo com a Lei Ficha Limpa

    – Antonhy Garotinho (PR-RJ), ex-governador do Rio de Janeiro
    – Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), ex-governador da Paraíba
    – Cassio Taniguchi (PFL/PR), deputado federal
    – Expedito Júnior (PSDB), ex-senador de Rondônia
    – Jackson Lago (PDT-MA), ex-governador do Maranhão
    – Joaquim Roriz (PMDB), ex-governador e ex-senador do Distrito Federal
    – José Gerardo Oliveira Arruda Filho, o Zé Gerardo (PMDB-CE), deputado federal
    – José Lacerda Neto (DEM-PB), ex-vice governador da Paraíba
    – José Roberto Arruda (sem partido), Ex-governador do Distrito Federal
    – Junior Brunelli (PSC-DF), ex-deputado distrital
    – Leonardo Prudente (DEM-DF), ex-deputado distrital
    – Marcelo Miranda (DEM-TO), ex-governador do Tocantins
    – Paulo Maluf (PP-SP), deputado federal
    – Rosinha Garotinho (PR-RJ), ex-governadora do Rio de Janeiro




    Publicado por jagostinho @ 13:04



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

6 Respostas

WP_Cloudy
  • Gilberto Pessoa Disse:

    Muito bom o seu trabalho. Gostaria de ter sua colaboração em publicar os fichas sujas do Estado do Rio de Janeiro. Nosso povo precisa saber quem são os deputados e vereadores fichas sujas.
    Parabéns.
    Um forte abraço
    Gilberto Pessoa

  • baran Disse:

    está muito correta a analise. Se ficarem enrolando a lei ficha limpa será como outras tantas. Tem que ser rapido e com decisões duras.

  • ROBERT Disse:

    Mesmo com todas as possiblidades de tentarem boicotar essa lei, estou esperançoso. Acho que desta vez os julgadores não podem reclamar. Tem todos os instrumentos para punir os ladrões.

  • Lauro Alencar Disse:

    o grande problema que eu acho é que tem muitos fichas sujas no judiciario brasileiro. Este é o grande perigo.

  • Tweets that mention http://208.113.167.84/?p=18425utm_sourcepingback -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by . said: […]

  • Herval Junior Disse:

    Dois desses,Jota,conheço muito bem.Sou de Campos,da terra dos “Garotinhos” e como se fala por aqui…
    Demorô!
    Abraço!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.