Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 29maio

    FIDELIDADE PARTIDÁRIA

    Hasiel Pereira

    Hasiel em sua campanha vitoriosa de 1982

    Como militante a favor da unidade partidária e consciente do que ela significa do ponto de vista da consolidação do nosso projeto político em andamento fico apreensivo com o desvio da discussão maior para outras menores ou sem nenhuma importância, no caso o falso debate tendencioso, anti partidário e desaglutinador que vemos ocorrer minando a unidade interna, o que para a sobrevivência de nosso projeto para a sociedade é extremamente danoso.

    Eu defendo o direito das pessoas manifestarem as suas divergências e como democrata sincero tenho a máxima certeza de que no debate delas reside a gaorantia da existência da própria democracia, que sempre foi a essência do PMDB. Para tudo existe o lugar certo, neste caso é o partido e não o alienante twitter com as suas poucas palavras sem conteúdo.

    Sem querer diminuir a importância dos grandes líderes que dele surgiram como expressão maior durante a histórica caminhada partidária do PMDB/PR este não é fruto do trabalho de somente destes e sim de todos aqueles – por mais humildes que sejam – que de alguma forma contribuíram para que este cumprisse a sua importante trajetória pela democratização, organização e transformação de nossa sociedade e estes formam a maioria na composição do quadro partidário.

    Como maioria estes tem de serem respeitados e com este nível de discussão ocorrendo fora do espaço devido, que é o partido, está não é a realidade que almejamos para o fortalecimento da democracia interna, pois desagrega e enfraquece a todos.

    O Pessuti, que durante toda a jornada no Governo Requião foi um leal partidário, tem como Governador todo o direito de fazer as mudanças que acredite serem necessárias, mas desde que elas venham ao encontro das necessidades de governo e de encontro aos interesses do partido.

    Isto ele tem feito, pois além de ter mantido os programas de governo tem realizado poucas alterações na sua equipe e as que foram feitas ou prestigiaram antigos importantes militantes antes esquecidos ou serviram para ampliar a força eleitoral do PMDB com as novas alianças com outras forças, assim visando atender aos nossos interesses coletivos perante o grande embate eleitoral que se aproxima.

    Sabemos da importância do Requião para a vida partidária e  vamos elege-lo para o senado, mas não podemos esquecer que a também é tarefa maior a manutenção do PMDB no governo.

    Isto implica na continuidade das justas políticas construídas durante o governo Requião/Pessuti ao tão bem atender os anseios do nosso povo e neste quadro a eleição para o senado é parte importante e não a totalidade do que queremos para o futuro do nosso projeto de poder a serviço do povo, o que só conseguiremos fazer enquanto governantes.

    Para alguns “peemedebistas” de ocasião, sendo que estes além de não terem construído a trajetória histórica da nossa agremiação não possuem compromisso real com os interesses populares que o nosso partido defende, é estratégico o falso “debate”, que mais parece coisa feita por adversários, ocorrer fora da estrutura partidária.

    Estes, que hoje estão comprometidos com outras candidaturas e não com a do PMDB, enxergam nesta divisão, a qual artificialmente ajudam a aumentar de proporção, a forma de nosso partido ser anulado e derrotado.

    Para eles, os inimigos internos, o que interessa é que vençam os seus interesses menores e nada partidários, que serão contemplados não com a candidatura do Pessuti e sim com a capitulação as outras forças eleitorais.

    Como peemedebistas não aceitamos este jogo e exigimos que as diferenças sendo tratadas dentro do espaço devido, que é dentro do nosso querido partido e não nas esquinas da vida ou pela mídia tendenciosa. Este tipo de postura serve para nos dividir e tirar do rumo que temos o compromisso popular de trilhar.

    Neste momento delicado temos ao agir de saber diferenciar quem são os nossos amigos e quem são os nossos inimigos e em prol da nossa sagrada unidade, pois são nela que reside a nossa força, estes devemos afastar de nosso convívio.

    Confiamos na sabedoria dos nossos lideres para superar as divergências e através do debate sadio construir as convergências e estas passam pela priorização da manutenção, melhoria e continuidade das nossas políticas populares de governo.

    A NOSSA FORÇA RESIDE NA NOSSA UNIÃO!

    Publicado por jagostinho @ 11:35



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

7 Respostas

WP_Cloudy
  • Tweets that mention Jota Agostinho » Arquivo do Blog » A PALAVRA DE UM PEEMEDEBISTA HISTÓRICO ! -- Topsy.com Disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by Lauro Padilha, João A. Palma and ELIZEU ARAUJO, Jota Agostinho. Jota Agostinho said: : A PALAVRA DE UM PEEMEDEBISTA HISTÓRICO ! http://bit.ly/c0ZDFo […]

  • lucas Disse:

    O CARO COMPANHEIRO ESTA COM A RAZAO POREM, NAO PODEMOS DESPREZAR OS MEIOS DE COMUNICACAO QUE HOJE SE COLOCAM A DISPOSICAO, O TWITER E SIM UTIL (PARA QUEM SABE USA-LO POIS EXIGE RACIOCINIO PARA SE EXPRESSAR EM 140 CARACTERES,OU COMPANHEIRO SE ESQUECEU QUE NA EPOCA DA DITADURA A COMUNICACAO ERA FEITA POR SENHAS ,CODINOMES E POUCO CONTEUDO ESCRITO.QUANTO A “ELEMENTOS INFILTRADOS NO P(MBD )E FRUTO DA CONIVENCIA DE MUITOS QUE SE DIZEM PARTIDARIOS,E QUE HOJE ESTAO NO PODER EXECUTIVO LEGISLATIVO,E JUDICIARIO,ACHO QUE E HORA DO GOV. PESSUTI AFASTAR DE VEZ ESTES FISIOLOGICOS TRAIDORES QUE AINDA SE ENCONTRAM NO GOVERNO,POREM QUE TRAGA PESSOAS CAPACIDADES COM COMPROMETIMENTO E PASSADO LIMPO DE TODA A NATUREZA,SENAO NAO VAI EM DAR EM NADA.SE PRECISAR ME DISPONHO A CITAR OS ORGAOS ESTADUAIS ONDE SE ENCONTRAM!!

  • carlos fonseca Disse:

    HASIEL HASIEL, ACORDAAA!

  • lucas Disse:

    POR QUE NAO COLOCOU MEU COMENTARIO?PENSA IGUAL AO HASIEL

  • Waldir D'Angelis Disse:

    Parabens Hasiel.
    Taí uma opinião que todos os antigos (como eu) e novos PMDBistas respeitamos.
    Abraços a você e ao Jota.

    Waldir D’Angelis

  • Professrora Dina Disse:

    Esse é um homem que tem que ser ouvido. Tem uma história de vida linda e limpa. Uma lição de cidadania.

  • Jacob Disse:

    É Hasiel, pena que não se faz política como no seu tempo de mandato. Hoje qualquer pilantra se elege. O Povo não valoriza mais seu voto. Vende-se e depois fica reclamando.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.