Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 25maio

    ASSESSORIA DE IMPRENSA/DÉBORA MATOS/DAYANE HIRT

    Câmara de Foz do Jordão/Foto-Elias Dias

    A pré-candidata ao Senado, Gleisi Hoffmann, continua seu roteiro de visitas aos municípios paranaenses. Na semana passada, ela percorreu cidades da região Central e Oeste do Estado, onde conversou com lideranças e está sempre atenta aos problemas de cada localidade.

    “É muito importante estabelecer esse diálogo com os municípios para conhecer melhor a realidade de cada região, entender as necessidades e poder ajudar a fortalecer o desenvolvimento social e econômico”, avalia.

    Durante as visitas, destacou alguns investimentos do Governo Federal, como o Luz para Todos e o Bolsa Família, programas que trouxeram mais justiça social ao País. Também falou sobre o PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), que prevê investimentos em maquinário para os municípios melhorarem suas estradas vicinais, obra que trará grandes benefícios aos pequenos produtores e à população do interior.

    A pré-candidata iniciou a agenda de compromissos na quinta-feira,  no município de Candói, participando de reunião na Câmara dos Vereadores, junto com a deputada Luciana Rafagnin. Entre os presentes estavam associações de agricultores e produtores de leite, além de representantes do Legislativo e da Prefeitura.

    Dali, seguiram para Pinhão, município com pouco menos de 30 mil habitantes. Além de Gleisi e a deputada Luciana, o presidente municipal do PT, Nilceu Kempf, e o presidente da Câmara, Denilson de Oliveira, acompanharam a agenda, que incluiu visita na unidade da Cresol (Cooperativa de Crédito Rural), Prefeitura e ao Legislativo.

    Na Câmara de Vereadores, a conversa reuniu cerca de 100 pessoas, entre coordenadores do movimento dos posseiros, do movimento dos pequenos agricultores, vereadores e lideranças locais dos partidos: PP, PSDB, PMDB, PPS e PT.

    Ainda neste dia, Gleisi conheceu os municípios de Reserva do Iguaçu e Foz do Jordão.  Neste último, falou sobre a importância da educação e os programas do governo federal de proteção à criança e ao adolescente, por conta do público formado por diretores e professores de escolas municipais.

    Na sexta-feira, Gleisi percorreu a região Oeste, acompanhada pelo deputado Elton Welter e o vice-presidente do PT Estadual, Marcos Vilas Boas Pescador. Depois de passar pela cidade de Tupãssi, a comitiva petista participou de um almoço em Assis Chateaubriand, evento que reuniu mais de 200 pessoas.

    Gleisi também visitou o município de Quarto Centenário e encerrou o roteiro de visitas em um jantar na cidade de Jesuítas, prestigiado pelos prefeitos de Cafelândia, Estanislau Mateus Franus, de Corbélia, Eliezer Fontana, Formosa do Oeste, José Machado Santana, Ubiratã, Fábio D´Alécio, além do prefeito anfitrião,  Aparecido José Weiller Júnior, presidente da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP). Também estavam presentes vereadores de Jesuítas, Toledo, Assis Chateaubriand e Iracema do Oeste.

    Os prefeitos destacaram o trabalho que vem sendo realizado pelo Governo Lula nos municípios da região. Segundo Júnior Weiller, pela primeira vez os prefeitos estão recebendo um tratamento digno do Governo Federal e isto com certeza merece o reconhecimento tanto da classe política quanto da população da região Oeste.
    Em todas as visitas, Gleisi Hoffmann reiterou a sua condição de pré-candidata ao Senado e sua disposição em continuar  percorrendo todo o Estado do Paraná.

    “Já visitei aproximadamente 280 cidades e o trabalho será intensificado nos próximos dias”, contou.

    Publicado por jagostinho @ 13:02



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.