Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 19maio

    Demorou, mas saiu a pesquisa do Vox Populi. E agora começam as comemorações de uns, indiferença de outros e decepções para muitos.

    Plantar boatos, insinuar situações que acabam não se concretizando e anunciar desistências ou apoios imaginários é fácil. E tem alguns que são especialistas neste assunto. Notoriamente conhecidos.

    Como tem gente que acredita em tudo que lê, os blefes acabam causando desmentidos e contratempos. Boa é a matemática. Afinal, com números não se blefa.

    Os números do Vox Populi, da sucessão estadual, anunciados ontem, trazem várias constatações e considerações:

    – O tamanho da amostragem foi pequeno demais-700 entrevistados- e, com isso, entre outros ítens, elevou a margem de erro (3,7%).

    – A não divulgação de outros dados que, certamente, a pesquisa contempla, como a espontânea, rejeição e regiões, dificultam uma análise mais completa.

    – Mesmo assim, a decepção fica por conta de Beto Richa. Não conseguiu aumentar a diferença sobre Osmar (7% em fevereiro e 7%, três meses depois).

    – O tucano começou sua campanha logo depois que se reelegeu prefeito de Curitiba em 2008, enquanto Osmar ainda nem definiu alianças e Pessuti assumiu o governo no dia 1º de abril.

    – A pesquisa, dentro dos padrões internacionais, apresenta empate técnico. Afinal, com a margem de erro sendo alta, não é errado dizer que Osmar pode estar com 36,7% e Beto com 36,3%.

    – Claro que tucanos otimistas poderão  imaginar Beto com 43,7% e Osmar com 29,3%. Mas a metodologia inversa só  serve para animar cabos eleitorais.

    – O correto é afirmar que alguém está em primeiro quando, mesmo com a margem de erro diminuida de seu percentual, ele ainda assim, não é ultrapassado por ninguém.

    – Osmar deve estar satisfeito com os números, pois com tantos desencontros, principalmente, com os petistas, ainda assim, não deixou Beto disparar.

    – Quanto ao governador Pessuti, se tanto lhe cobravam os dois dígitos, eles aí estão. Pode ser 10% ou até 13,7%. Segundo seus assessores, dentro do esperado.

    – Outro dado interessante é que só 10% não sabe ou não quis responder. Prova de que o eleitor está antenado.

    – A escolha do vice e da dupla de candidatos ao senado será fundamental para consolidar uma candidatura. Um passo em falso pode ser fatal.

    Ontem, a nível nacional foi divulgada a pesquisa presidencial no Paraná. Serra ainda lidera, mas já não com tanta folga.

    Serra aparece com 44% e Dilma 32%. Em fevereiro estava 48 a 25 %.

    Portanto, Dilma ainda sem palanque definido, em nosso estado, diminuiu de 23% para 12% a diferença. São ganhos enormes.

    Isto prova que uma postagem que fiz, em 17 de abril de 2010, aqui no blog, confirmou-se.

    Relembre lendo aqui.

    Publicado por jagostinho @ 09:23



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

8 Respostas

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.