Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16maio

    FOLHA ONLINE

    Lula desembarcando em Teerã

    A chancelaria iraniana falou neste sábado em favor das chances de um acordo sobre a troca de combustível nuclear. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou neste sábado ao Irã para uma visita crucial para o país do Oriente Médio. A expectativa é grande já que Lula, extremamente otimista, acredita na possibilidade de convencer o Irã a aceitar o acordo proposto por potências do Ocidente sobre seu programa nuclear.

    Os EUA e alguns de seus aliados acusam o Irã de desenvolver um programa nuclear com fins militares, mas Teerã defende que a finalidade é pacífica e se recusa a negociar. Os EUA pressionam por uma quarta rodada de sanções do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) contra o país do Oriente Médio.

    Lula planeja pressionar os líderes iranianos a rever uma proposta sob a qual o Irã enviaria urânio baixamente enriquecido a outro país e, em retorno, receberia urânio altamente enriquecido — um plano que fracassou em outubro do ano passado.

    “Sobre as negociações, creio que as condições conduzem para o alcance de um acordo sério sobre a troca”, disse o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do Irã, Ramin Mehmanparast, à agência de notícias iraniana Irna.

    Ele também afirmou que “o tempo para trocar o combustível nuclear do reator de Teerã é iminente”, e que um acordo sério estava prestes a ser alcançado sobre “quando e em que quantidade” a troca seria feita, informa a TV iraniana Alalam, em seu site.

    O acordo foi interrompido em outubro, quando o Irã insistiu em realizar a troca em seu próprio território. O Brasil e a Turquia, ambos membros não permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas), ofereceram-se para mediar as negociações e tentar convencer o Irã a rever a oferta.

    Os Estados Unidos e países aliados estão em negociação para impor uma quarta rodada de sanções da ONU ao Irã. Washington acusa Teerã de tentar ganhar tempo ao aceitar a proposta de mediação de Lula.

    O Brasil já apresentou uma proposta segundo a qual o Irã trocaria urânio pouco enriquecido por combustível nuclear na Turquia, país que tem estreitos laços tanto com Ocidente como com o Oriente Médio. O Irã enviaria urânio ao exterior e o receberia de volta enriquecido a 20%, nível suficiente para fins pacíficos.

    Segundo a imprensa iraniana, Ahmadinejad disse que aceitou “em princípio” a proposta de Lula durante uma conversa telefônica com o líder venezuelano, Hugo Chávez.

    Publicado por jagostinho @ 10:31



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • ferreira Disse:

    Lula é um maluco , mas de vez em quando pode dar certo. Numa dessas…

  • gaspar Disse:

    é muita pretensão do nosso cara! Obama já deve ter se arrependido de ter falado que ele é o cara!!

  • belinha Disse:

    brasileiro é muito provinciano. O Lula está tentando chamar atenção para o Brasil a nivel internacional. E está conseguindo . Só não ve quem n quer. Bando de invejosos!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.