Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 14maio

    GLEISI HOFFMANN/ASSESSORIA DE IMPRENSA

    Nesta semana, a pré-candidata ao Senado, Gleisi Hoffmann, acompanhou o trabalho realizado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) para auxiliar no controle populacional de animais. Gleisi conheceu a Unidade Móvel de Esterilização de Cães e Gatos, que irá oferecer castração gratuita para bichos de estimação de famílias de baixa renda.

    Inicialmente, o ônibus atenderá Curitiba, por meio de convênio firmado com a prefeitura, mas deverá estender a ação para outros municípios paranaenses que se interessarem por este importante trabalho.

    A necessidade de controle da população animal foi destacada pela Organização Mundial da Saúde em relatório emitido em 2005, sobre métodos de controle de cães, no qual declarou ineficiente a captura e o extermínio.

    A partir desta constatação, iniciou-se a elaboração de alternativas mais eficazes e humanitárias para resolver o problema, especialmente em ambientes urbanos. Desta forma surgiram novas práticas, entre elas a esterilização cirúrgica, a educação pública para guarda responsável e a aplicação de legislação pertinente.

    Neste contexto, Gleisi considera o programa da UFPR importante, pois pretende conscientizar a população sobre a guarda responsável e a necessidade de se realizar o controle de zoonoses, o que significa a realização de um trabalho de educação em saúde.

    Em programas como estes, desenvolvidos pelo curso de medicina Veterinária da UFPR, os animais podem ser recolhidos, esterilizados, vacinados, identificados, desverminados e devolvidos ao seu habitat, desde que não estejam em risco ou coloquem em risco outros animais, os seres humanos, o meio ambiente e tenham, se possível, alguém da comunidade ou instituições que assumam a responsabilidade pelos mesmos.

    “Atualmente, vários ramos da ciência afirmam que o convívio humano com um animal doméstico melhora a interação com outras pessoas e auxilia no cognitivismo pessoal, formando um cidadão mais consciente”, avalia Gleisi. “Cuidar da população de cães e gatos que vivem nos centros urbanos com a aplicação de políticas públicas, como mecanismo de ações a curto e médio prazo, beneficiam a saúde do homem, as questões de higiene pública e o meio ambiente. Uma sociedade que não cuida bem dos seus animais não cuida bem dos humanos”, acrescenta.

    Publicado por jagostinho @ 17:08



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy
  • gabriela Disse:

    essa atitude da Gleisi vai lhe dar muito votos. parabens

  • lauro Disse:

    já gostava da Gleisi , agora estou gostando mais ainda. Uma gata brincando com o cachorro. Lindo!

  • japinha Disse:

    Legenda para a foto: A gatinha e o cachorrão !! KKKKKK

  • Desirê Disse:

    “Uma sociedade que não cuida bem dos seus animais não cuida bem dos humanos”
    Concordo plenamente… O problema é que a maioria das pessoas não vêem as coisas dessa maneira. Mas ainda tenho um fio de esperança.
    Medidas como a esterilização cirúrgica em massa (incluindo ai os animais abandonados), a conscientização da população para a guarda responsável e leis mais rígidas para os casos de maus-tratos aos animais são mais que necessárias em nossa sociedade. O poder público tem que agir mais e mais em relação a esse assunto. Não deixar só nas mãos das ONG’s, que lutam a duras penas para se manter, sem nenhum respaldo dos governantes.
    Fico feliz em saber que a Gleisi se importa com os animais! ^^

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.