Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 06maio

    A pré-candidata ao Senado, Gleisi Hoffmann, participou do painel de abertura do 2.º Congresso Sul Brasileiro de Gestão Pública, evento que teve início nesta quarta-feira (5), em Curitiba, com a participação deinstituições públicas, entidades do terceiro setor e empresas privadas. O objetivo do congresso é aprimorar as técnicas de controle e gestão para garantir um futuro melhor ao planeta junto àqueles que trabalham com administração pública.

    A cada edição, o Congresso Sul Brasileiro dá ênfase a um tema. Em 2009 “Desenvolvimento e Ética” dominaram os painéis e palestras. Para 2010, a temática definida é “Educação e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio”.

    Um trabalho de pesquisa e análise foi feito pela comissão organizadora junto a municípios, universidades e especialistas para definir os 15 temas das palestras, os 10 casos que serão apresentados e os 3 painéis que abrirão cada dia do congresso.

    A partir do tema central do Painel de Abertura “Nós Podemos Brasil- Os Objetivos do Milênio e os Desafios para o Brasil”, Gleisi Hoffmann destacou ações de gestão pública que estão contribuindo para alcançar as oito metas propostas pela ONU- Organização das Nações Unidas. Ela enfatizou que o Brasil já atingiu o primeiro objetivo, reduzindo o percentual da população extremamente pobre do país. O programa Bolsa Família, segundo Gleisi, é um dos responsáveis por essa mudança. “Além de beneficiar cerca de 12 milhões de pessoas, o programa traz um impacto significativo na comunidade, impulsionando o comércio de toda região”, frisou. Gleisi também citou avanços na área de educação, destacando que hoje 94% das crianças na faixa etária de 7 a 14 anos estão matriculadas na rede de ensino. “O Governo Federal tem priorizado investimentos na educação básica. O PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) prevê a construção de várias creches”, exemplificou.

    Para Gleisi, uma das metas mais importantes estabelecidas pela ONU é a redução da mortalidade materna e infantil, índices que serão revertidos principalmente através da formação educacional das mulheres. Ela fez um apelo para que os municípios dêem atenção especial para isso criando secretarias específicas de atendimento às mulheres. Gleisi também alertou para a questão ambiental, que considera o principal desafio para os municípios. “Temos que discutir o código ambiental e estabelecer as responsabilidades das esferas do poder, do setor agrícola e de outros segmentos da sociedade”, opina.

    Além de Gleisi, que já foi secretária de Estado no Mato Grosso do Sul, secretária de Gestão Pública em Londrina e diretora financeira da Itaipu Binacional, o Painel de Abertura contou com a participação da promotora de justiça Maria Tereza Uille Gomes e Flávio Comim, representante da ONU.

    Publicado por jagostinho @ 08:02



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • henrique Disse:

    Eta mulherzinha porreta! Está em todas. Incansável!

  • neusa Disse:

    sem dúvida Gleisi é bastante ativa e merece ser senadora do Paraná.

  • nascimento Disse:

    com um esquema finaceiro por trás qualquer faz uma campanha como ela. Queria ver se não tivesse grana se estaria em todas. Eu, hein?

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.