Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24mar

    G1

    Três testemunhas foram ouvidas no segundo dia de julgamento do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, acusados da morte de Isabella Nardoni, em março de 2008. Durante os depoimentos, maquetes do edifício London e do apartamento do casal acabaram utilizadas.

    Os jurados também viram fotografias da menina após a morte. Nesse momento, a avó materna de Isabella, Rosa Maria(foto), que acompanhava o júri da plateia, deixou a sala onde ocorre o julgamento, no Fórum de Santana, na Zona Norte de São Paulo.

    Ainda faltam ser ouvidas mais de dez testemunhas, entre elas a perita Rosângela Monteiro, do Núcleo de Crimes Contra a Pessoa, que fez o laudo sobre a cena do crime. Ela será a próxima convocada.

    O advogado de defesa do casal, Roberto Podval, comentou ao fim do segundo dia sobre a demora. “Não é bom para a defesa a demora. A defesa é a última que fala. Os jurados vão estar cansados. Amanhã [quarta-feira] vamos decidir como acelerar.”

    O promotor Francisco Cembranelli ficou irritado com o que entendeu como tentativa da defesa de desqualificar o trabalho da Polícia Civil e da Polícia Técnica. “Eu não vejo atraso nenhum.

    O que quero é esclarecer os jurados, mostrar toda a prova como todos assistiram há dois anos e meio. Essas pessoas vêm sendo criticadas por gente que não entende nada de nada. Isso ficou categoricamente demonstrado no dia de hoje [terça-feira]”, afirmou.

    Nesta terça (23), o julgamento começou às 10h05 (com atraso, em razão da montagem das maquetes) e terminou por volta das 19h30. As três testemunhas que prestaram depoimento foram: a delegada Renata Pontes, o médico-legista Paulo Sergio Tieppo Alves e o perito baiano Luiz Eduardo de Carvalho. A previsão é que o júri seja reiniciado nesta quarta (24), às 9h.

    A pedido da defesa, a bancária Ana Carolina de Oliveira, mãe de Isabella, segue à disposição da Justiça. Ela deve permanecer no fórum, incomunicável, até a realização de uma possível acareação com os réus. Segundo o promotor, ela passou mal durante sua primeira noite no fórum.

    Publicado por jagostinho @ 09:07



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • bia Disse:

    muito facil a defesa dizer que não foi o casal que assassinou. Então foi quem? O papa?

  • genoveva Disse:

    o capeta tem um lugar especial reservado para esses dois animais ,lá no inferno.

  • martins Disse:

    tinha que ser rito sumário: prisão perpetua para os dois.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.