Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 08mar

    UOL/NOTÍCIAS

    A acusação contra o pai e a madrasta da menina, que morreu aos cinco anos em 29 de março de

    Casal Nardoni - acusação de homicídio

    2008, é de homicídio doloso (com intenção de matar).

    Presos desde então, eles devem ocupar o banco dos réus no próximo 22 de março em São Paulo.

    Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá ocuparam as manchetes com as investigações do caso durante quase um mês, até que a polícia concluiu que o próprio pai havia jogado a garota da janela do 6º andar do prédio onde morava o casal, na zona norte de São Paulo.

    Antes, a madrasta teria asfixiado Isabella por descontrole emocional. Ambos negam as acusações.

    Sete pessoas que comporão o júri popular que irá definir o destino de Alexandre e Anna. Na quinta-feira (4), o STF (Supremo Tribunal Federal) negou o último recurso que poderia adiar o julgamento.

    No pedido, a defesa pretendia retirar uma das acusações, a de fraude processual (alteração da cena do crime para manipular as investigações).

    O advogado Roberto Podval, que representa os Nardoni, adiantou ao UOL Notícias que, até o momento, não tem intenção de impedir que o júri seja televisionado e, tampouco, pedir o adiamento.

    “Vou passar essa semana recluso estudando o caso”, afirma.

    O Tribunal de Justiça de São Paulo já informou, no entanto, que a sessão não poderá ser transmitida. Os jornalistas também não poderão entrar com câmeras fotográficas, gravadores ou laptops no Fórum de Santana, na zona norte da capital.

    A assessoria de imprensa prepara um esquema especial para a cobertura do caso.

    Com todos os habeas corpus negados até a última instância, o casal aguarda o julgamento nos presídios feminino e masculino de Tremembé (a 147 km de São Paulo).

    A sessão será presidida pelo juiz Maurício Fossen, do 2º Tribunal do Júri do Fórum de Santana.

    Publicado por jagostinho @ 13:07



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy
  • marlene Disse:

    esses dois tem que arder no fogo do inverno. Mas antes tem que sofrer muito aqui na terra.

  • tarcisio Disse:

    as provas são contundentes. Será que a defesa vai alegar que a menina se suicidou? É bem possível com a justiça que temos.

  • getúlio Disse:

    não são seres humanos. São a escória dos nojentos dos nojentos. Paredão se fosse possivel era pouco.

  • fernanda Disse:

    a menina descansou pois sua vida pelo jeito era um tormento vivendo com esses dois canalhas.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.