Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 18jan

    Hoje acontece uma reunião da executiva do PSDB do Paraná. A partir das 10 horas. Completamente extemporânea. Dizem que foi uma forçação de barra dos simpatizantes de Beto Richa. Queriam aproveitar o reflexo de pesquisas de dezembro do ano passado.

    Como o prazo para desincompatibilização é 3 de abril, os alvaristas julgaram-se no direito de atropelar uma pesquisa – de amplitude incompatível, por sinal, e metodologia questionável, com a importância da decisão que será tomada pelos seus resultados – do IPESPE, empresa que presta consultoria política ao PSDB nacional.

    Com pesquisas ultrapassadas, como as de Dezembro e com essa, pequena demais, do IPESPE, tudo ficou com dantes. Não se chegou a decisão alguma. Só acirrou os ânimos no ninho tucano local.

    Tem que se começar tudo de novo. Uma coisa é certa: nenhuma decisão será tomada no Paraná sem o aval do PSDB nacional. Porque?  Simples: o nosso Estado é fundamental para José Serra nas eleições presidenciais.

    Em resumo, foi tudo tiro de festim. Muito barulho e pouca substância. Decisão sobre o candidato ao governo do estado, só depois do carnaval. Bem depois.

    Só vou repetir o que já escrevi aqui há tempos atrás. E é de fonte segura. O balizamento para a definição do nome será mesmo uma pesquisa do IPESPE. Interna e sem cunho eleitoral. Com um número maior de entrevistas e muito mais municípios pesquisados.

    Serão basicamente duas perguntas: 1) você prefere qual candidato do PSDB  para a disputa a governador do Paraná – Álvaro ou Beto ? – 2) quem puxa mais votos para José Serra, no Paraná  – Álvaro ou Beto?

    Claro que outros ingredientes serão adicionados na hora da definição. Entre eles, Osmar Dias candidato a governador ou senador, prefeitura de Curitiba nas mãos dos tucanos ou não, as consequências nas eleições proporcionais e outras cositas más.

    Filtrando tudo e como dizem que em política só não se pode perder, a lógica indica, tão límpida e cristalinamente como a cachoeira do Véu da Noiva na Serra do Mar, que Álvaro é um voo  sem sobressaltos para os tucanos nativos.

    Num momento desses, argumentos de quem quer garantir empregos, mandatos estaduais ou federais, não podem ser levados em consideração. O que importa é um grupo político ser vencedor.

    Aguardemos.

    Publicado por jagostinho @ 08:03



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • nascimento Disse:

    Em cima como sempre Jota. Não vão decidir nada. O beto não manda nada. Só os seus laranjas de plantão é que mandam nele. O Álvaro é a opção mais inteligente para ganhar de lavada as eleições. Estão esperando oque??

  • Tadeu Disse:

    Só a turma do Betinho não ve que ele vai entrar numa canoa furada. Se for candidato perde para o Osmar e perde a prefeitura pro ducci. Pior cego é oque não quer ver.

  • bernardo Disse:

    ta na cara que só os que querem garantir as maracutaias é que insistem no Beto para governador. Bobões.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.