Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 20dez

    BLOG DE FERNANDO RODRIGUES/UOL

    José Serra: a grande notícia para o tucano é que ele parece inamovível. Tem agora o mesmo percentual de agosto, mesmo depois da propaganda maciça do PT a favor de Dilma.

    Mas essa estancada de Serra é também uma péssima notícia para o tucano: ele parece ter empacado, apesar de sua também alta exposição na mídia, inclusive nos comerciais de TV do PSDB.

    A grande pergunta que os tucanos devem se fazer é como ampliar o percentual de Serra na pesquisa.

    A resposta pode estar em Minas Gerais, onde Aécio Neves ainda é o preferido para ser candidato a presidente por 57% a 58% dos eleitores, conforme o cenário, segundo o Datafolha (Serra não está mal entre os mineiros, mas seus percentuais variam de 39% a 42%).

    Dilma:Um fato é inescapável: cumpriu-se a profecia lulista segundo a qual Dilma Rousseff seria uma candidata competitiva em dezembro de 2009 (tese sempre repelida por tucanos).

    Mas é agora que o jogo começa de fato. Um indício é a pesquisa espontânea do Datafolha, quando os entrevistados apenas são indagados sobre em quem desejam votar, mas sem ver os nomes dos possíveis candidatos.

    Em agosto, 27% respondiam que votariam em Lula (o presidente não é candidato). Hoje, o percentual de Lula caiu para 20%.

    Um sinal de que parte do eleitorado lulista está percebendo que a eleição está chegando –até porque o percentual espontâneo de Dilma passou de 3% para 8%, empatando com Serra:

    Ciro Gomes: o hoje deputado federal pelo PSB do Ceará já foi candidato a presidente duas vezes, em 1998 e em 2002.

    Na última vez, teve 12% dos votos válidos –o que equivale a cerca de 9% a 10% nas pesquisas. Por enquanto, se a eleição fosse hoje, Ciro está com um desempenho melhor do que em eleições passadas.

    Sua presença também ainda é vital para Dilma Rousseff e para o PT: sem Ciro, no principal cenário (Serra, Dilma, Ciro e Marina), a eleição seria decidida hoje no primeiro turno a favor do tucano.

    É que quando ficam só Serra, Dilma e Marina, o candidato do PSDB tem 40% contra 37% somados da petista e da candidata do Partido Verde.

    Marina Silva: depois de sair do PT, entrar no PV e ser a sensação da pré-campanha por algumas semanas, a senadora do Acre não aconteceu mais.

    Seus percentuais variam de 8% a 16%, mas nesse último caso só num improvável cenário no qual Aécio Neves aparece como o candidato a presidente tucano.

    Marina herdou só 5 pontos dos 12 deixados ao léu por Heloísa Helena (PSOL). Se a candidata do PV não ampliar suas alianças e seu discurso, cumprirá apenas o papel de ser mais uma no segundo pelotão da campanha de 2010.

    Nanicos: quem serão eles? Por enquanto, parece haver disposição de José Maria Eymael (PSDC), José Maria de Almeida (PSTU) e Rui Costa Pimenta (PCO).

    Outros certamente devem aparecer, pois a verticalização que vigorou em 2002 e 2006 agora não existe mais: esses partidos pequenos podem apoiar quem bem entenderem nos Estados e ainda assim lançar um candidato próprio ao Planalto.

    Do ponto de vista histórico, os nanicos somados têm de 1,5% a 3% dos votos. Numa eleição apertada, podem ser relevantes para que seja (ou não realizado) um segundo turno.

    Só será possível saber o impacto desse grupo depois que os institutos passarem a testá-los nas pesquisas.

    Publicado por jagostinho @ 13:35



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • fagundes Disse:

    os caras podem remexer de todo lado. Dilma já era. Uma falsa e hipocrita. Deus livre o Brasil dessa diaba. Serra será nosso presidente

  • gregório Disse:

    a salvação da petezada é o ciro ser candidato. Senão nem segundo turno vai ter !!!

  • petista Disse:

    só não ve o crescimento da dilma quem não quer. Dilma presidente do Brasil

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.