Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24nov

    DOSSIÊ GERAL: O BLOG DAS CONFISSÕES-GENETON MORAES NETO

    Ontem postei a matéria sobre a VIAGEM SECRETA de Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua, para Itapema, Santa Catarina. Hoje vou reproduzir o depoimento de Carlos Eduardo, administrador do hotel onde Neil se hospedou.

    Vale a pena a leitura. Falou quem muito sabe.

    “É um homem simples, tremendamente discreto. Não curte a importância que tem. De qualquer maneira, ninguém o reconheceu. Tomava café da manhã a fazia refeições no restaurante, em meio aos outros hóspedes.Tinha pedido para não tirar fotos.

    Já que ele é uma das poucas pessoas de toda a humanidade que tiveram a chance de enxergar a terra de um ponto-de-vista a que ninguém teve acesso (somente doze astronautas pisaram na lua), perguntei o que é que ele achava dessa situação de catastrofismo que tantos colocam:

    a sensação de que a terra vai acabar, a questão do aquecimento global, todas essas coisas que todos nós vemos diariamente na imprensa. Quero ouvir a opinião de Neil Armstrong, porque parece estar havendo muita especulação.

    E ele me disse: “Isso tudo é bullshit!A Terra é maior do que a humanidade. Você pode acabar com a vida humana, mas a Terra não vai acabar”.

    Também me disse de que o aquecimento global causado pelo homem na verdade faz parte de ciclos vividos não apenas pelo planeta, mas pelo sistema solar.

    O planeta vive sujeito a acontecimentos como, por exemplo, um meteorito que pode acabar com a vida na terra de um momento para outro.

    A situação de aquecimento global é mais decorrente da proximidade da terra com o sol, por exemplo.

    Ou seja: Neil Armstrong acha que a parcela do homem no processo de aquecimento global é mínima.

    Fenômenos solares e geológicos são muito mais impactantes do que a atuação do homem. É o que de mais interessante ouvi de Armstrong”.

    “Disse a ele do meu orgulho de conhecê-lo, porque ele é uma das maiores personalidades vivas do planeta.  Isso é mais impactante quando a gente vê a simplicidade com que ele age.

    Armstrong fez um discurso aos noivos. Transmitiu aos noivos que a vida a dois é uma vida que tem de ser marcada por respeito.

    Passou uma mensagem sobre a importância de um respeitar ao outro, num casamento. Disse que o princípio básico de um bom relacionamento  é o respeito.

    Não fez qualquer referência à carreira de astronauta. O discurso foi familiar. Armstrong falou como padastro do noivo.

    Pela personalidade que ele é, todos queriam ouví-lo. Uma das características do ritual de casamento cumprido pelos coreanos é que os parentes próximos fazem, todos, uma mensagem aos noivos: os irmãos, os pais, todos.

    A noiva era brasileira – de origem coreana . É impressionante a tranquilidade que Armstrong passa para as pessoas.

    Digo que vi tal tranquilidade em poucas pessoas na minha vida…Não pedi autógrafo. Não caberia, naquele momento, porque era um momento privado”.

    Publicado por jagostinho @ 14:25



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • darci Disse:

    Jota, parabens mesmo. Sensacional o depoimento do cara do hotel. Bem que eu desconfiava que essa história de aquecimento global era coisa pra muitos ganharem dinheiro.

  • gentile Disse:

    excelente matéria. O Armstrong sabe o que diz. Acaba a raça humana e não acaba o planeta. É isso que vai acontecet como muitas vezes já aconteceu. Tragico mas verdadeiro.

  • brito Disse:

    Po o Neil pegou forte. Mas é verdade.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.