Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 23nov

    EFE

    Cerca de 2 mil pessoas se reuniram ontem na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, para rejeitar a

    Praia de Ipanema

    Praia de Ipanema

    visita ao país do líder iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, e pedir explicações ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por recebê-lo.

    “Lula, explique a seu convidado o que são direitos humanos” e “negar o Holocausto é igual a negar a escravidão” foram algumas das frases exibidas nos cartazes dos manifestantes

    O protesto teve a participação das comunidades judaica e árabe, grupos afro-religiosos, coletivos homossexuais e vários civis insatisfeitos com o fato de que se ofereça uma recepção com todas as honras ao presidente do Irã, que chegará amanhã a Brasília.

    Havia muitas bandeiras israelenses junto com a brasileira e a multicolorida do orgulho homossexual, além de camisas com lemas como “paz” e “que convidado é esse?”.

    A manifestação durou cerca de duas horas e percorreu grande parte da pista vizinha à praia, lotada em domingo ensolarado no Rio de Janeiro.

    Os manifestantes usaram apitos para protestar contra Ahmadinejad e a Lula, distribuíram panfletos, gritaram e também dançaram, ao ritmo percussão africana.

    Também foi feito um minuto de silêncio em homenagem ao povo iraniano, que, segundo os presentes, é o que mais sofre com as “políticas discriminatórias” do presidente do Irã, e os manifestantes cantaram o hino brasileiro.

    No final da concentração, os presentes soltaram balões brancos com palavras como “direitos humanos”, “liberdade de imprensa” e “paz”, que antes estavam em uma gaiola, que representavam as “vítimas” do regime iraniano, nas palavras dos organizadores.

    Além da marcha no Rio, também foram convocadas concentrações de repúdio em Brasília, em frente ao Itamaraty, e em algumas outras cidades do país.

    Ahmadinejad chegará hoje à capital brasileira acompanhado de uma delegação de 200 empresários e se reunirá com Lula para tentar conseguir apoio ao polêmico programa nuclear iraniano.

    Publicado por jagostinho @ 11:39



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

4 Respostas

WP_Cloudy
  • nascimento Disse:

    quem defende o batisti tem que beijar no boca o iraniano. Coerente o Lula. Gosta de assassinos.

  • lima Disse:

    O lula só quer do Irã o mapa da bomba atomica. Está certo o nosso presidente. Só teremos o respeito do mundo qdo tivermos nossa bomba atomica.

  • petista Disse:

    Seja bem vindo Mamoud. Queremos seus petro dólares. O que os outros países pensam não nos interessa. Quem não está gostando que se retire.

  • valério Disse:

    o presidente de Israel esteve aqui todo sorridente, mas o seu exercito acabou de bombardear, ontem, a faixa de gaza. Santinhos e coitadinhos eles né?

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.